Economia

Confiança da Indústria cai pelo oitavo mês

• Bookmarks: 2


Perspectiva de contratação para o emprego industrial nos três meses seguintes caiu de 23,7% para 22,6%O Índice de Confiança da Indústria (ICI), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV) passou de 105 pontos, em julho, para 102,7, em agosto, uma queda de 2,2%. Esta é a oitava queda consecutiva, o que levou o índice a apresentar o menor nível desde agosto de 2009 (100,2 pontos).

A queda foi influenciada principalmente pela baixa satisfação do setor com o momento atual. O Índice da Situação Atual (ISA) caiu 3,6% com relação ao mês anterior, apresentando 103,5 pontos, a menor pontuação desde setembro de 2009 (103,3).

O ISA é composto por três indicadores. A parcela de empresas que consideram os estoques excessivos subiu de 6,6%, em julho, para 9,5% em agosto. Já a proporção de empresas que o avaliam como insuficiente caiu de 2,2% para 1,5%, no período.

A perspectiva de contratação para o emprego industrial nos três meses seguintes caiu de 23,7% para 22,6% na passagem de julho para agosto. Já a possibilidade de redução da mão de obra subiu de 9,9% para 11,9%.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) caiu de 84,1% para 83,6%, o menor patamar desde novembro de 2009 (82,9%).

O Índice de Expectativa (IE) teve queda de 0,7% no comparativo com julho. Os 101,9 pontos apresentados são a menor marca desde agosto de 2009 (99,1).

Segundo a FGV, a queda dos três indicadores (ICI, ISA e IE) reflete o fraco desempenho apresentado pela indústria no terceiro trimestre de 2011.

2 recommended
comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *