Economia

Crediacisc celebra Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito


A Crediacisc, cooperativa de crédito formada exclusivamente por pequenos e micro empresários de São Carlos, celebra o Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito de 2019, comemorado na terceira quinta-feira do mês de outubro, que neste ano é no dia 17.

“O tema deste ano fortalece os esforços que fazemos para ampliar a atuação local”, observa Hercílio Antonio de Carvalho, diretor presidente da Crediacisc. “Serviço local. Alcance global” foi o tema escolhido pelo Conselho Mundial das Cooperativas de Crédito. “Uma cooperativa como a nossa mantém o dinheiro na economia local, investimos e emprestamos exclusivamente para os são-carlenses”, explica.

O ramo do cooperativismo de crédito vem conquistando mais adeptos a cada dia devido ao conjunto de serviços que oferece, sem contar os preços e taxas mais competitivos. “Além disso, ao se tornar um cooperado passamos a compreender de uma outra maneira o setor financeiro”, lembra Carvalho.

Atualmente, o Brasil tem 988 cooperativas de crédito, que contam com 9,8 milhões de cooperados, empregam mais de 67 mil pessoas e movimentaram R$ 190,4 bilhões em 2018. O segmento mantem tendência de crescimento e os depósitos totais somaram, ao final de 2018, mais de R$ 124 bilhões aumento de 18,6% em relação a dezembro de 2017.

Porém, mesmo com sua amplitude, ainda é desconhecido de uma grande parcela da população. Nos Estados Unidos, 30% da população é cooperada e na Alemanha, 22%. Já por aqui, somente 4% dos brasileiros movimentam seus recursos em uma cooperativa, que funciona como um banco, mas tem um jeito diferente de gerar resultados, tanto econômicos quanto sociais.

Serviços da Crediacis – Conta corrente, cartões de crédito e de débito, operações diversas, financiamentos, linhas de crédito, consórcio, seguros e muitos outros serviços. “As cooperativas de crédito oferecem as mesmas garantias que os grandes bancos”, ressalta o presidente da Crediacisc. O sistema cooperativo é assegurado pelo Fundo Garantidor de Crédito, avalizado pelo Banco Central. “Sem contar que na cooperativa somos donos da instituição financeira, temos obrigações e responsabilidades, mas também participação nos resultados”, observa.

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *