Expectativa de consumo desacelera no 2º trimestre

11 de abril de 2012


O índice de consumidores da cidade de São Paulo que pretendem comprar algum bem durável no atual trimestre caiu 15,2 pontos percentuais ante igual período em 2011, para 58 por cento, o segundo pior nível desde 2008, segundo pesquisa divulgada nesta quarta-feira.

 

Já em relação ao primeiro trimestre houve queda de 1,4 ponto percentual no índice, segundo a pesquisa com 500 consumidores da cidade de São Paulo realizada pelo instituto Provar, da Fundação Instituto de Administração (FIA), em parceria com a consultoria Felisoni.

As categorias com maior intenção de compra no segundo trimestre são vestuário e calçados (21,2%), informática (11,2%) e linha branca (10,2%).

Aquelas com maior alta na intenção de gastos na comparação com os três primeiros meses de 2012, enquanto isso, são cama, mesa e banho (87,8%), cine e foto (81,5%) e eletroportáteis (69,1%).

“É recomendado que sejam viabilizadas ações para incentivar o consumo, pois há uma retração significativa das vendas até o final do primeiro semestre”, disse o presidente do conselho do Provar, Claudio Felisoni.

Segundo ele, as vendas do Dia das Mães e do Dia dos Namorados, datas comemoradas no atual trimestre, ficarão abaixo do esperado.

Ainda de acordo com o levantamento, as vendas totais no varejo devem crescer 2,9% nos 12 meses até junho, bem abaixo da alta de 7% vista um ano antes.

comments icon 0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *