26 de Junho de 2022

Dólar

Euro

Economia

Jornal Primeira Página > Notícias > Economia > Indústria sofre com a escassez de mão de obra

Indústria sofre com a escassez de mão de obra

02/06/2012 22h48 - Atualizado há 10 anos Publicado por: Redação
Indústria sofre com a escassez de mão de obra

Uma pesquisa realizada pelo ManpowerGroup, empresa de soluções em gestão e contratação de pessoas, divulgou resultados em seu 7º Estudo Anual sobre a Escassez de Talentos, que revela que um em cada três empregadores (34%) no mundo estão tendo dificuldades para preencher cargos. No Brasil, 71% das empresas se queixam da escassez de talentos – em 2010 o índice foi de 64% e em 2011, de 57%.

 

O diretor do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp)em São Carlos, Ubiraci Moreno Pires Corrêa, disse que sempre houve escassez de mão de obra qualificada nas indústrias. “Não basta saber trocar uma lâmpada, um profissional qualificado precisa entender de eletricidade”, ressalta Corrêa.

Com a economia em baixa, a produção cai e consequentemente os profissionais com menos qualificação são os primeiros a serem dispensados nas empresas. Em 2011 o Brasil fechou o crescimento industrial em 0,01% e a estimativa para esse ano de 2012 é -0,01%.

O diretor Márcio Vieira Marinho, do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) de São Carlos, conta que não há falta de cursos para profissionais da indústria, mas às vezes há falta de procura ou de informação sobre os cursos oferecidos, o que pode gerar a falta de capacitação e qualificação para o mercado.

“As indústrias têm reclamado bastante da falta de mão de obra qualificada, mas temos um problema muito mais sério, o crescimento da economia e da produção de uma forma geral, o país ficou 20 anos sem crescer economicamente, então também estamos falando do desenvolvimento da indústria e a demanda que isso gera como um fator para escassez de mão de obra, assim como tínhamos na década de40”, explica Marinho.

O diretor também comenta que há uma falta de valorização profissional pela formação técnica e tecnológica. Muitos pais sonham que seus filhos tenham uma formação de curso superior e não pensam na qualidade e na aplicação desse conhecimento antes do ingresso nas faculdades. Deste modo, retardando o início da formação profissional.

O Senai oferece cursos de aprendizagem, curso técnico e curso superior em tecnologia para familiares e funcionários das indústrias.“Trabalhamos para atender pontualmente a demanda, no caso de uma indústria nos procure com a necessidade de qualificar um grupo que esta em fase admissão, preparamos e capacitamos esse profissionais com os diversos cursos especializados”, ressalta o diretor.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x