Economia

Inflação perde força em SP, mostra Fipe


Em despesas pessoais, o IPC manteve-se em queda, mas em ritmo de recuperação de preçosO Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), na cidade de São Paulo, ficou em 0,36%, na primeira prévia de setembro. Essa taxa é 0,03 ponto percentual menor do que a registrada no fechamento de agosto (0,39%).

O grupo alimentação continua liderando os aumentos, com 0,89% ante 0,92%.

Entre os itens com impacto inflacionário estão o feijão, cuja taxa passou de 0,87% pra 2,05%; o arroz, com 3,12% ante 3,38%; as carnes bovinas, com 1,67% ante 1,92%; e os proadutos in natura, com 0,65% ante 0,36%.

Mais três grupos apresentaram elevações com índices abaixo dos da medição anterior: habitação (de 0,33% para 0,25%); saúde (de 0,66% para 0,50%) e vestuário (de 0,83% para 0,74%). Em sentido inverso, ocorreram aumentos nos grupos transportes (de 0,12% para 0,14%) e educação (de 0,01% para 0,03%). Em despesas pessoais, o IPC manteve-se em queda, mas em ritmo de recuperação de preços, passando de -0,29% para -0,20%.

Divulgação

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *