Economia

Marinho diz confiar na aprovação, mas kit obstrução à reforma precisa ser vencido


O secretário de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, manifestou há pouco confiança na aprovação da reforma da Previdência esta semana, mas alertou que é preciso vencer o kit obstrução. A estratégia para garantir o começo da votação na Terça-feira (9) foi discutida em reunião neste domingo (7) que durou quase quatro horas na residência oficial do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). 

O ministro da Casa civil, Onyx Lorenzoni, também participou da reunião, mas deixou a residência mais cedo. Ao sair do encontro com Maia, Marinho acabou revelando que o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), também participou da conversa. Com residência vizinha a de Maia, Alcolumbre passou por uma entrada interna nos jardins entre as casas. Marinho até brincou: “Agora tem uma porteira que fica aberta”. Marinho estava acompanhado de seu secretário adjunto, Bruno Bianco. 

Bastante cauteloso, Marinho não quis comentar sobre a avaliação técnica que o governo está fazendo sobre as questões envolvendo policiais e que será encaminhada a Onyx hoje à tarde. “Não posso explicar, deixa as coisas acontecerem”. 

Apesar do kit obstrução, já esperado pelas lideranças governistas, Marinho disse que tem muito mais gente a favor da reforma do que contra. “Vocês viram o Placar do Estadão”, perguntou o secretário. O Placar da Previdência, levantamento feito pelo Estado e divulgado hoje, aponta que a proposta conta com o apoio de 247 deputados. Desses, 229 afirmam que dariam sim à reforma com o mesmo teor que foi aprovado na Comissão Especial, e 18 condicionaram a aprovação a ajustes. 

Questionado se o deputado Alessandro Molon, que é líder da oposição, também seria a favor da reforma, Marinho disse: “Molon todo dia fala bem da reforma, com ressalvas. Ele bota uma vírgula lá e diz: isso aqui está muito bom, mas…”. Marinho disse em seguida acreditar que a reforma receberá votos favoráveis da oposição.

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *