Economia

Vants são atração na Feira MundoGeo #Connect

• Bookmarks: 2


Pioneira no voo do primeiro Veículo Aéreo Não Tripulado (VANT) de asa fixa no País, a AGX Tecnologia, empresa do polo tecnológico e aeronáutico de São Carlos, marcou presença no maior evento da área Geoespecial da América Latina, a Feira MundoGeo #Connect, que terminou quinta-feira, 20, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo.

 

A terceira edição do evento foi marcada por seminários, fóruns, cursos e workshops. Os aviões-robôs da AGX novamente roubaram a cena no estande da empresa Santiago & Cintra, parceira na empresa sãocarlense na comercialização de VANTs. Desde a última terça-feira estiveram expostos os modelos ARARA e Tiriba, os carros-chefe da AGX em vendas para execução de monitoramento aéreo e aerofotogrametria nas áreas de agricultura, meio ambiente, segurança, mineração e energia elétrica entre outras aplicações.

“Resolvemos estabelecer essa parceria com a Santiago & Cintra, que também passará a comercializar nossos Vants a partir de agora, devido à qualidade de seus serviços prestados na área de Geotecnia. Prova disso é que a empresa foi uma das mais premiadas nesta edição da Feira. Nossos produtos e serviços, inclusive, são complementares”, falou Adriano Kancelkis, diretor-presidente do Grupo AGX.

O Tiriba é um VANT com motor elétrico e pode utilizar sensores RGB ou NIR para obtenção de imagens fotográficas e de vídeo. Extremamente portátil, pode operar de qualquer local, pois é lançado manualmente, tem autonomia de voo de 40 minutos em média a uma velocidade de 100 Km/h (máxima de 160 Km/h, permitindo alcance maior que 60 Km e a execução de missões com raio aproximado de 10 Km de link. Possui sistemas de estabilização de voo que garantem a qualidade das imagens geradas e ainda um sistema de paraquedas para emergências ou como opção de pouso. A capacidade de payload chega a 1 kg.

Já o Arara (Aeronave de Reconhecimento Assistida por Rádio e Autônoma) traz em sua segunda geração toda inovação e reformulação do sistema de piloto automático, agora com dupla ou tripla redundância, maior autonomia, capaz de ficar em voo entre 5 e 7 horas, sendo extremamente versátil, com capacidade de carga de até 5 Kg de equipamentos e sensores. Possui diversos sistemas de segurança para garantir um voo seguro. Ainda é equipado com paraquedas para pousos de emergência e em locais de difícil aproximação. O modelo pode decolar de pistas extremamente precárias, podendo ser lançado a partir de um veículo, possui decolagem por trem de pouso e ainda pode ser adaptado para utilizar flutuadores em caso de necessidade de utilização como aeronave anfíbia.

 

 

 

2 recommended
comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *