8 de Março de 2021

Dólar

Euro

Esporte

Jornal Primeira Página > Notícias > Esporte > Bernardo Alves é bronze

Bernardo Alves é bronze

29/10/2011 23h22 - Atualizado há 9 anos Publicado por: Redação
Bernardo Alves é bronze
O Brasil conquistou mais uma medalha de bronze no hipismo, desta vez na prova individual de saltos. Montando a égua Bridgit, Bernardo Alves terminou em terceiro lugar (2.09 de penalizações) no somatório das duas eliminatórias realizadas neste sábado, 29, na pista do Guadalajara Country Club. A norte-americana Christine Mccrea (Romantovich Take One), com 0.88, ganhou o ouro; enquanto sua compatriota Elizabeth Madden (Coral Reef Via Volo), com 1.00 de penalizações, ganhou o bronze.
Na primeira classificatória do dia, Álvaro Miranda “Doda” Neto foi o primeiro cavaleiro brasileiro a entrar na pista de saltos. Montando Ad Norson, ele cometeu duas faltas e terminou com o tempo de 75s81. Depois, foi a vez de Karina Johannpeter (SFR Dragonfly de Jorter), que cravou 76s07 com uma falta no percurso. Bernardo Alves (Bridgit), que fora o melhor brasileiro com apenas 2.09 pontos perdidos na fase classificatória de equipes, fez o tempo de 74s72 com pista limpa.

Já na segunda classificatória, Doda preferiu não saltar para poupar o cavalo Ad Norson. “O piso é muito duro e o cavalo sentiu. Como eu já estava mesmo sem chances de medalha, preferi não saltar”, contou Doda, que foi desclassificado. Karina não boi bem no percurso e terminou a prova individual de saltos em 15º lugar, com 29.52 de penalizações. Por último, Bernardo entrou na pista e mais uma vez fez pista limpa, sem penalizações. Com isso, manteve seus 2.09 pontos e conquistou o bronze.

Rodrigo Pessoa, medalha de ouro nos saltos individuais em Atenas 2004, havia passado à final com a sexta colocação, tendo 2.87 pontos perdidos após três percursos. Sua égua HH Ashley, entretanto, sofreu uma lesão no tendão direito, fato que afastou o cavaleiro das provas finais deste sábado, dia 29, no Guadalajara Country Club.

“Eu lamentei muito não poder disputar esta final e não conseguir brigar por mais uma medalha para o Brasil. Mas são coisas do nosso esporte. Lidamos com um ser vivo e precisamos zelar pela saúde dos nossos animais acima de tudo”, lamentou Rodrigo Pessoa. (cob.org.br)

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x