6 de Março de 2021

Dólar

Euro

Esporte

Jornal Primeira Página > Notícias > Esporte > Brasil luta, mas Espanha vence no Mundial

Brasil luta, mas Espanha vence no Mundial

15/12/2011 10h06 - Atualizado há 9 anos Publicado por: Redação
Brasil luta, mas Espanha vence no Mundial

Em jogo equilibrado do começo ao fim, a Seleção Brasileira não resistiu à Espanha e acabou sendo eliminada do Mundial Feminino de Handebol nesta quarta-feira, 14, no Ginásio do Ibirapuera,em São Paulo, pelas quartas de final. As donas da casa deixaram a vitória escapar no último minuto e perderam para as europeias por apenas um gol de diferença:27 a26 (19 a17 no primeiro tempo). O Brasil pega a Croácia na sexta-feira (16), às 14h30, no Ibirapuera, para seguir na briga pelo quinto lugar. Já as espanholas, que ficaram em quarto na última edição do torneio, na China, em 2009, enfrentarão a Noruega na semifinal às 20h, no mesmo dia e local.

As visitantes foram superiores em quadra apenas nos oito primeiros minutos e abriram6 a1. Foi quando as brasileiras reagiram, principalmente com Deonise, que emendou sequência de cinco gols, colaborando para que o placar ficasse empatado em7 a7. Apartir daí, o confronto começou a ficar parelho e tomava à frente quem errava menos. A defesa do Brasil melhorou e a Espanha passou a errar nas finalizações, cenário que se repetiu e se inverteu em vários momentos do segundo tempo.

Embalada pelo show da torcida – cerca de 4.500 na arquibancada -, a Seleção dava sinais de que seguraria as espanholas até o fim, mesmo perdendo por um gol de diferença. No entanto, aos 21 minutos da etapa final, permitiu que as rivais voltassem a abrir dois. Alexandra Nascimento, destaque do Brasil na primeira fase e nas oitavas de final, recebeu marcação forte e pouco foi acionada. A jogadora, ao lado de Deonise, eleita a melhor do jogo, sustentou a igualdade (25 a25 e26 a26). No minuto final, as donas da casa cederam contra-ataque, e Elisabeth Pinedo fez o gol da classificação da Espanha.

“Entramos muito ansiosos. Mas no primeiro tempo o ataque foi muito bem e no segundo a defesa estava forte. Foi por um detalhe que não conseguimos vencer”, avaliou o dinamarquês Morten Soubak, treinador da Seleção. Deonise repetiu a fala e destacou que a equipe precisará analisar o que faltou. “Precisávamos estar muito concentradas. Jogos assim são decididos em detalhes, mas eu não sei dizer quais faltaram. Terá de ser um olhar do Morten.”

Alexandra lamentou a eliminação e agradeceu a torcida. “Cometemos alguns erros e isso não é permitido em um jogo de quartas de final. Contar só com a sorte em uma decisão não é suficiente”, comentou. “Estamos muito felizes por ter visto o ginásio mais cheio a cada dia. Só temos a agradecer. Hoje foi maravilhoso, impressionante. Tive a sensação de que os torcedores estavam dentro da quadra e isso conforta.”

O Brasil deixa o Mundial tendo feito sua melhor campanha na primeira fase do torneio, invicto, com cinco vitórias em cinco jogos, e classificação em primeiro para as oitavas. Caso vença a Croácia na sexta-feira, a Seleção vai disputar o quinto lugar no domingo (18) com o vencedor de Rússia e Angola. Dessa forma, ainda tem chances de superar o sétimo lugar conquistado em 2005, na Rússia, sua melhor colocação na história do campeonato.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x