18 de Janeiro de 2021

Dólar

Euro

Esporte

Jornal Primeira Página > Notícias > Esporte > Com um a mais, Palmeiras cede empate

Com um a mais, Palmeiras cede empate

08/09/2011 02h54 - Atualizado há 9 anos Publicado por: Redação
Com um a mais, Palmeiras cede empate

Kleber foi lutador mas pouco criou no ataque palmeirense que ficou devendoEm busca de melhores resultados fora de casa, o Palmeiras foi a Curitiba enfrentar o Atlético/PR nesta quarta-feira (7) pelo Campeonato Brasileiro. A partida terminou empatada por 2 a 2.

O empate faz o Verdão cair para o sétimo lugar, com 34 pontos. Já o Atlético/PR tem 19 e é o penúltimo.

O Palmeiras tinha tudo para vencer. Esteve duas vezes na frente no placar e ainda foi beneficiado pela expulsão de Cleber Santana, aos 38 minutos do primeiro tempo, mas não soube tirar proveito por jogar com um atleta a mais durante a maior parte do tempo de jogo.

O Palmeiras iniciou a partida indo ao ataque, mas o Atlético/PR buscou equilibrar a partida desde os primeiros minutos. Aos nove, Marcos Assunção bateu falta, a bola tocou em Renan Rocha, mas ninguém conseguiu chegar na bola para completar para o gol.

O Verdão seguiu buscando o ataque e Henrique abriu o placar aos 15 minutos . Em jogada pela direita, Kléber fez o cruzamento e Henrique usou a cabeça para colocar a bola no fundo das redes.

Chico teve a chance de marcar o segundo do Alviverde aos 18, mas o goleiro do Furacão fez a defesa. O Atlético tentou em cobrança de falta de Marcinho, mas Marcos ficou com a bola. Cicinho tentou a jogada aos 28, mas não conseguiu o cruzamento.

O Palmeiras seguia pressionando mais, com o Atlético tentando achar espaço paera criar jogadas. Aos 34, em cobrança de escanteio, Marcos Assunção tentou o desvio, mas Guerrón, sozinho, tocou para o gol, empatando a partida.

Pouco depois do gol, Cléber Santana acabou expulso por falta em Luan. Edílson tentou em cobrança de falta, mas Marcos afastou. Marcos Assunção bateu falta aos 42, mas a bola foi longe do gol do Furacão.

Edílson tentou o cruzamento na bola parada no começo do segundo tempo, mas a bola passou longe do gol. O Palmeiras respondeu e conseguiu o gol aos seis minutos, também de escanteio. Marcos Assunção bateu, a bola desviou e foi defendida por Renan Rocha. No rebote, Fernandão completou para o gol.

Chico quase marcou o terceiro em outro escanteio que Marcos Assunção bateu e o volante desviou. O Verdão arriscava mais no segundo tempo, usando a velocidade, a bola aérea e a bola parada para criar chances para aumentar o placar da Arena da Baixada.

O Atlético/PR teve pênalti marcado a seu favor quando Marcos acabou saindo na hora do gol e encontrando com jogador do Furacão. Marcinho cobrou e empatou novamente a partida.

O gol deu força aos paranaenses para iniciar uma pressão sobre o Verdão, que tentava achar chances para conseguir o terceiro gol. Nos minutos finais, as duas equipes foram ao ataque, mas o empate prevaleceu.

Foto: Mister Shadow/AE{jcomments on}

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x