15 de Junho de 2021

Dólar

Euro

Esporte

Jornal Primeira Página > Notícias > Esporte > Experiência no jogo entre Franca e Pinheiros

Experiência no jogo entre Franca e Pinheiros

15/02/2012 20h48 - Atualizado há 9 anos Publicado por: Redação
Experiência no jogo entre Franca e Pinheiros

O duelo entre Vivo/Franca e Pinheiros/SKY, nesta quinta-feira, 16, marca mais um confronto na longa trajetória de duas lendas do basquete nacional. Dois dos técnicos mais vitoriosos da história estarão frente a frente: Hélio Rubens, comandando o time francano, e Cláduio Mortari, a frente do time da capital paulista.

A partida é válida pela quarta rodada do returno e foi remarcada em função da participação pinheirense na fase final da Liga Sul-Americana. O jogo será realizado às 20h, no Ginásio Pedrocão, em Franca.

Aos 63 anos, Claudio Mortari tem no currículo o título do Mundial de Clubes de 1979, pelo Sírio, comandou a Seleção Brasileira na Olimpíada de 1980, em Moscou, e tem passagens por clubes importantes do país como Corinthians e Flamengo. No Pinheiros, o treinador entrou para a história do clube com a conquista do título paulista de 2011, o primeiro da história da equipe.

Ao longo de sua carreira, Franca esteve em seu caminho em vários confrontos. Por isso mesmo o treinador sabe que não terá vida fácil no interior paulista.

“Franca tem uma tradição muito grande e acredito que vai ser um jogo muito difícil. Franca jogando em casa será sempre um adversário complicado. Mas esperamos manter a boa fase conquistando uma vitória”, disse Mortari.

O Pinheiros é o líder do NBB, com 16 vitórias em 19 jogos (84,2% de aproveitamento) e com uma vitória pode disparar na ponta da competição.

“O fundamental é manter os pés no chão. Sabemos que estamos em um bom momento, mas sempre que você entra em quadra tem que estar prevenido contra tudo”, comentou o treinador.

Do outro lado estará Hélio Rubens, o técnico mai experiente do NBB. Com 71 anos, a lenda francana é o maior vencedor de campeonatos nacionais, com nove conquistas, seis delas no interior paulista. O treinador também comandou na carreira o Vasco da Gama e o Uberlândia e foi o técnico da Seleção Brasileiraem três Mundiais, em 1990, 1998 e 2002.

“É uma honra muito grande enfrentar um técnico como o Mortari, por tudo que conquistou durante a carreira. Estamos sempre juntos. Embora adversários, queremos sempre prestar o melhor trabalho para o basquete do Brasil”, disse Hélio Rubens.

Franca luta para se firmar na zona de classificação para os playoffs e ocupa a 11ª colocação na tabela, com sete vitórias em 19 jogos (36,8% de aproveitamento).

“Nossa motivação tem que ser a cada jogo. Cada jogo é o jogo da nossa vida. Estamos enfrentando algumas dificuldades, como a ausência de dois jogadores importantes, que são o Marcio e o Probst, mas isso não traz desanimo, cria um processo de reação ainda mais forte em quem vai jogar”, disse Hélio Rubens.

 

Próximos jogos

Quinta-feira, 17

20h – Vivo/Franca x Pinheiros/SKY

20h – Paulistano/Unimed x Itabom/Bauru

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x