15 de Junho de 2021

Dólar

Euro

Esporte

Jornal Primeira Página > Notícias > Esporte > Impecável, Águia mostra as garras em Monte Azul

Impecável, Águia mostra as garras em Monte Azul

17/03/2013 19h52 - Atualizado há 8 anos Publicado por: Redação
Impecável, Águia mostra as garras em Monte Azul

A três rodadas do encerramento da primeira fase da Série A2 do Campeonato Paulista, tudo embolado na parte debaixo da tabela de classificação. O Juventus é a única equipe praticamente rebaixada para a A3 em 2014.

 

As outras três vagas estão em abertas graças aos resultados da 16ª rodada ocorrida no final de semana. O Santacruzense empatou com o Noroeste (1 a 1) e foi a 14 pontos (19º lugar). A Ferroviária de Araraquara perdeu em casa para o Audax (0 a 2) e caiu para o 17º lugar. Já o São Carlos foi a Monte Azul e no estádio municipal Otacília Patrício Arroyo venceu neste domingo, 17, o time da casa por 2 a 0 e chegou aos 15 pontos (empatado com a AFE). O Rio Branco, 16º colocado, perdeu para a Portuguesa e ficou com 16 pontos. O Grêmio Barueri se beneficiou, venceu o RB Brasil por 1 a 0, chegou aos 17 e assumiu a 15ª colocação. Desta forma, com 9 pontos a disputar, nada está definido.

Em busca da redenção, o São Carlos está em alta na reta final. Nas últimas quatro rodadas, em 12 pontos disputados, a Águia conquistou 10 pontos e a vitória em Monte Azul foi a melhor apresentação da equipe em todo o campeonato.

 

O JOGO

Um primeiro tempo confuso e tenso. Assim foi Monte Azul e São Carlos. Jogadas ríspidas, pressão do time da casa e o árbitro Valdir Aparecido Montrazio sem pulso para comandar o encontro.

Com um time mais qualificado, o Monte Azul mandou no jogo. Mas apenas posse de bola e poucos lances de perigo para o gol de Felippe.

Bem distribuído em campo, com uma marcação impecável e muita entrega dos jogadores, o São Carlos foi mais objetivo e eficiente e logo aos 2 minutos, em um rápido contra-ataque, Fernandinho cruzou a bola e Magno, da entrada da pequena área colocou a Águia na frente.

O gol descontrolou os jogadores do Monte Azul que calculavam uma fácil vitória. Mas o resultado parcial adverso perturbou o time mandante e o que se viu foi mais pressão e pouco futebol.

Na etapa final, com os ânimos serenados, o Monte Azul manteve o domínio e pressionava a Águia que se manteve aplicada na marcação e dificultava as ações do mandante.

O mérito do técnico Edmilson de Jesus foi saber trabalhar o sistema tático do seu time e se aproveitar das falhas do Monte Azul e aos 21 minutos, Daisson que tinha acabado de entrar ‘roubou’ a bola da zaga do Monte Azul e na saída do goleiro André Luís fez por cobertura, ampliando para 2 a 0.

Nos 25 minutos finais, em busca do gol, o Monte Azul lançou-se ao ataque e levou perigo ao gol de Felippe que fez pelo menos três grandes defesas.

No mais, os jogadores do São Carlos procurou tocar a bola e garantir a vitória e a conquista dos três importantes pontos na A2.

 

MONTE AZUL 0 x 2 SÃO CARLOS

 

GOLS: Magno aos 2 minutos do primeiro tempo; Daisson aos 21 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO: Valdir Aparecido Montrazio.

RENDA E PÚBLICO: não fornecidos.

LOCAL: estádio municipal Otacília Patrício Arroyo.

 

MONTE AZUL

André Luís; Robson, Pitty, Jean (Filipinho) e Nery (Wellington); Marcelo Godri, Fábio, Thiago Carpini (Everton Senna) e Juca; Borebi e Denis.

TÉCNICO: Betão Alcântara

 

SÃO CARLOS

Felippe; Bruno, Herbert e Renato; Felipe Blau (Gustavo), Reinaldo, Ceará, Vassoura e Fernandinho; Roberto Santos (André Neles) e Magno (Daisson).

TÉCNICO: Edmilson de Jesus

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais antigas
Mais novos Mais Votados
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Jose carlos Figueiredo
Jose carlos Figueiredo
8 anos atrás

Parabéns ao tecnico Edmilson de Jesus. Ele esta conseguindo fazer o que parecia impossível!

0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x