Esporte

Pneus serão decisivos em Cingapura


sem-imagemO Grande Prêmio de Cingapura de F 1, única realizada à noite e disputado em circuito de rua, que acontece domingo, 25, exigirá mais das equipes. O diferencial e a estratégia quanto aos pneus a serem utilizados durante a prova.

O circuito tem como palco as ruas da cidade, o que se traduz em superfície irregular e proporciona baixa aderência dos compostos, que exigem muito dos pneus. Os dois compostos que a Pirelli irá levar para Cingapura são o macio e o supermacio.

Além de ser disputado na rua e de ter iluminação artificial, a umidade é outra característica típica da prova.

Com 23 curvas, das quais duas feitas a mais de 160 km/h, Cingapura perde apenas para o GP de Valência em número de curvas (a prova espanhola têm 25), o que o torna um circuito bastante exigente para os pneus assim como para os pilotos. “Muitos pilotos dizem que esse circuito demanda mais do que o de Mônaco. Como vimos no passado, particularmente no Canadá, a combinação de pneus macios e supermacios oferece muitas oportunidades para as equipes colocarem em prática algumas estratégias interessantes, como o uso do supermacio, que deve assegurar um melhor desempenho”, complementa Hembery.{jcomments on}

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *