10 de Maio de 2021

Dólar

Euro

Esporte

Jornal Primeira Página > Notícias > Esporte > Rio recebe o Vôlei Futuro que precisa vencer

Rio recebe o Vôlei Futuro que precisa vencer

30/03/2012 21h44 - Atualizado há 9 anos Publicado por: Redação
Rio recebe o Vôlei Futuro que precisa vencer

O encontro de dois dos principais times nas semifinais da Superliga feminina de vôlei 11/12 proporciona que apenas um chegue à decisão. Rio de Janeiro e Vôlei Futuro têm esse objetivo. Mas o jogo deste sábado, 31, às 10h, no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, pode garantir ao time carioca a vaga na final após a vitória na primeira partida,em Araçatuba. Eo Vôlei Futuro estará na casa do adversário em busca da vitória.

 

O técnico Bernardinho, aposta em um jogo diferente do primeiro, quando a equipe carioca venceu por 3 sets a 0, e chama a atenção que a vitória não representa vantagem.

“A primeira partida foi atípica. A equipe de Araçatuba não teve uma noite feliz, o que facilitou o nosso trabalho. Por outro lado, jogamos bem, cometemos poucos erros. Precisamos seguir nesse padrão, pois não tem nada garantido. O Vôlei Futuro é uma grande equipe, com jogadoras de alto nível”, afirma Bernardinho.

A escolha pela sequência dos jogos é explicada pelo treinador, que optou por fazer o primeiro jogo na casa do adversário e os dois seguintes no Rio de Janeiro.

“Embora pouca gente entenda, sempre gosto de fazer o primeiro jogo fora de casa justamente para colocar pressão no adversário. Agora temos, se necessário, dois jogos para decidir em casa, ao lado de nossa torcida”, comenta Bernardinho.

No time do Vôlei Futuro, o técnico Paulo Coco lamenta a atuação do time paulista no primeiro jogo, que, segundo ele, foi abaixo do esperado.

“Fizemos treinamentos para recompor a confiança. Ficou todo mundo decepcionado com o desempenho (do último jogo), até porque a equipe tinha feito excelentes treinamentos como preparação e nada deu certo. É claro que teve mérito da equipe da Unilever, mas a gente deixou a desejar”, comenta Paulo Coco.

O técnico do time paulista destaca a importância do lado emocional para o segundo confronto. “E o que nós estamos buscando é um espírito de mais alegria, mais confiança e mais agressividade para fazer o nosso melhor jogo e lutar o máximo. Com isso sabemos que temos condições de vencer e é o que faremos para tentar conquistar a partida”, analisou Paulo.

Em caso de vitória do time de Araçatuba, o terceiro e decisivo confronto entre Unilever e Vôlei Futuro será no dia seis de abril, às 21h, novamente no Maracanãzinho, já que a equipe carioca se classificou em melhor colocação. (cbv.com.br)

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x