Esporte

Sindicato vai em cima de clube após ‘demissão em massa’


O Sindicato dos Atletas profissionais do Estado do Ceará (SAFECE) diz que tentará reverter essa situação

Assim como o Portal Futebol Interior noticiou na manhã da última terça-feira (24), o Guarany de Sobral, time que está disputando a elite do Campeonato Cearense, resolveu desligar todos os seus jogadores por conta da indefinição sobre o futuro do futebol, depois da pandemia do novo coronavírus. Apesar disso, o Sindicato dos Atletas profissionais do Estado do Ceará (SAFECE) está em cima e diz que tentará reverter essa situação.
“Estamos aguardando os dois atletas que são nossos interlocutores levarem à diretoria a proposta do Sindicato, já que todos eles têm contrato até novembro. Temos um Campeonato Cearense ‘indeterminado’. A Federação, imagino que esteja estudando uma maneira de resolver isso. O Guarany montou uma grande equipe, com estrutura elogiável, pagando salários em dia, e talvez esteja mal assessorado”, disse o presidente do sindicato Marcos Gaúcho.
Embora não tenha recebido a proposta do sindicato, o Guarany de Sobral respondeu, por meio de seu diretor jurídico Thyago Donatto, que tomou a ‘medida mais adequada neste momento’ e que o clube não pode aguardar uma decisão oficial das entidades que gerem o futebol, pois isso pode demorar um tempo e o clube pode ficar em maus lençóis financeiramente.
“As condições colocadas são bastante claras. O clube não está disposto a esperar por decisões das Federações ou Confederação. A notícia do adiamento dos Jogos Olímpicos só fortalece a ideia de que a prática esportiva está bastante comprometida no ano. Por mais dura que seja a medida que tomamos, é a mais adequada para o momento”.

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com