Viñales supera Márquez e é o mais rápido dos treinos livres da MotoGP em Austin

13 de abril de 2019


Maverick Viñales se deu melhor na acirrada disputa pela liderança nas atividades iniciais para a etapa das Américas, a terceira da temporada 2019 da MotoGP. Nesta última sexta-feira, 12, o espanhol da Yamaha deixou para trás o compatriota Marc Márquez, da Honda, para ser o mais rápido dos treinos livres no Circuito das Américas, em Austin.
Márquez tem aura de imbatível na pista norte-americana, pois venceu as seis etapas da MotoGP disputadas por lá. E parecia começar a confirmar o seu domínio ao ser o mais rápido do primeiro treino livre nesta sexta-feira. Só que Viñales conseguiu deixá-lo para trás na segunda sessão.
Com um início de campeonato discreto – soma uma sétima posição e um abandono -, Viñales fechou a sexta-feira na frente em Austin ao cravar o tempo de 2min03s857. Mas Márquez ficou muito próximo do líder, com uma desvantagem de apenas 0s044, ao fazer o tempo de 2min03s91, sendo que apenas os dois primeiros colocados registraram voltas em menos de 2min04 nesta sexta-feira.
O italiano Valentino Rossi, companheiro de equipe de Viñales na Yamaha, ficou na terceira posição com o tempo de 2min04s003. E foi apenas 0s002 mais rápido do que o quarto colocado, o australiano Jack Miller, da Pramac Ducati, com 2min04s005. Já o britânico Cal Crutchlow, da LCR Honda, foi o quinto colocado, com a marca de 2min04s118.
O espanhol Alex Rins colocou a sua Suzuki em sexto lugar no primeiro dia de atividades da etapa das Américas da MotoGP. E a relação dos dez primeiros colocados foi completada, em ordem, pelo espanhol Por Espargaró, da KTM, pelo italiano Franco Morbidelli e pelo francês Fabio Quartararo, ambos da SIC Yamaha, e pelo italiano Francesco Bagnaia, da Pramac Ducati. Já o italiano Andrea Dovizioso, da Ducati, veio logo depois, apenas na 11ª posição.
O treino de classificação da etapa das Américas será realizado neste sábado, a partir das 16h10 (horário de Brasília). A largada da corrida está agendada para as 16 horas de domingo.

comments icon 0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *