EUA impõem sanções a dois integrantes do governo Maduro

28 de junho de 2019


O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos impôs sanções a duas autoridades venezuelanas ao afirmar que os dois continuam a se envolver em atitudes corruptas e em fraudes significativas em detrimento do povo da Venezuela.
“O povo venezuelano confiou a seus funcionários públicos a prestação de serviços cívicos fundamentais, como água e eletricidade. O regime ilegítimo de [Nicolás] Maduro explora a confiança pública ao saquear bens, enriquecendo-se e observando sistemas públicos básicos falharem desnecessariamente e catastroficamente”, disse o secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin.
O ex-ministro de Energia Elétrica e presidente da Corporação Elétrica Nacional (Corpoelec), Luis Alfredo Motta Dominguez, e o vice-ministro de Finanças, Investimento e Alianças Estratégicas do Ministério de Energia Elétrica, Eustíquio José Lugo Gómez, foram as duas autoridades a quem foram impostas as sanções americanas.
De acordo com o Tesouro, “blackouts persistentes em todo o país são os mais recentes e piores de uma longa lista de falhas na eletricidade, decorrentes de anos de corrupção maciça, negligência e má administração da infraestrutura de eletricidade da Venezuela pelo ilegítimo regime de Maduro”.

comments icon 0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *