25 de Junho de 2022

Dólar

Euro

Internacionais

Jornal Primeira Página > Notícias > Internacionais > Morre o chefe máximo das Farc, Alfonso Cano

Morre o chefe máximo das Farc, Alfonso Cano

05/11/2011 10h50 - Atualizado há 11 anos Publicado por: Redação
Morre o chefe máximo das Farc, Alfonso Cano

 O chefe máximo das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), Alfonso Cano, de 63 anos, morreu durante combate com o Exército colombiano, no maior golpe ao grupo rebelde da América Latina.

A morte de Cano ocorreu na noite desta sexta-feira em uma área montanhosa da província de Cauca, no Sudoeste da Colômbia.

– Caiu o número um das Farc, no golpe mais contundente contra essa organização em toda sua história – disse o presidente Juan Manuel Santos em transmissão pelo rádio e TV na cidade de Cartagena, logo depois da meia-noite.

Guillermo León Senz, mais conhecido como Alfonso Cano, é o guerrilheiro mais importante a morrer durante uma operação militar em toda a história da luta contra as Farc, que já dura mais de 45 anos.

O ministro da Defesa, Juan Carlos Pinzón, informou nesta madrugada que o chefe rebelde morrera horas antes em um bombardeio, quando tentava furar o cerco do Exército Nacional para fugir.

O corpo do comandante guerrilheiro foi encontrado barbeado, sem a espessa barba e os óculos, suas principais características, informou Pinzón.

A morte do comandante rebelde soma-se a outros acontecimentos que golpearam as Farc nos últimos anos, quando a organização perdeu vários de seus históricos dirigentes, no âmbito de uma ofensiva das Forças Armadas do país com o apoio dos EUA.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x