Internacionais

Navio com açúcar brasileiro é sequestrado


Um navio iraniano carregado com açúcar brasileiro foi sequestrado a leste do Oceano Índico no início desta segunda-feira, 26, com 23 tripulantes a bordo, segundo observadores de transporte marítimo.

 

O navio levava mais de 63 mil toneladas da carga quando deixou o Brasil, maior exportador mundial de açúcar, de acordo com dados do setor.

O Eglantine, que segundo dados de transporte da Reuters carregou no Rio de Janeiro no final de fevereiro, foi sequestrado fora da costa sudoeste da Índia, por supostos piratas somalis, disse a missão da Otan contra pirataria.

Gangues piratas armadas estão ganhando milhões de dólares em resgates e são capazes de ficar no mar por longos períodos, utilizando navios mercantes capturados como naves-mãe. A crise de segurança do transporte custa bilhões de dólares ao comércio mundial por ano.

Ataques tão longes da Somália como o sequestro desta segunda-feira são raros. Embora a Otan, a UE e as forças navais iranianas estejam tentando proteger a marinha mercante, o Oceano Índico é muito grande para que eles efetivamente patrulhem tudo.

Os EUA identificaram o navio como sendo operado por empresas de transporte do governo iraniano, na lista negra de Washington.

O Irã deve importar 1,6 milhão de toneladas de açúcar em 2011/12, de acordo com a Organização Internacional de Açúcar (OIA).

No entanto, as sanções ocidentais têm tornado difícil para o Irã pagar por alimentos básicos através do sistema bancário global, ainda que os gêneros alimentícios não sejam alvo das sanções. (reportagem adicional de Jonathan Saul em Londres)

 

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *