Internacionais

Pequim diz que surto está sob controle; Índia registra recorde de casos


Segundo Xu Hejian, porta-voz do governo de Pequim, capital da China, o surto do novo coronavírus ligado ao mercado municipal de Xinfadi está “controlado”. Desde o dia 11 de junho, o surto foi responsável por infectar 256 pessoas em Pequim.

Na última quarta-feira, 24, mais sete casos foram adicionados à contagem da capital chinesa, pouco mais da metade das 12 infecções registradas em toda a China continental.

Mesmo com o otimismo, Xu alertou que a cidade deve aprimorar seu sistema de testagem e torná-lo ainda mais amplo, de forma a englobar todos os grupos mais suscetíveis à contaminação, como é o caso de trabalhadores de serviços de delivery, por exemplo.

Índia

Pela segunda vez nesta semana, a Índia registrou um novo recorde de casos de covid-19 confirmados em apenas um dia. Nesta quarta, mais 15.968 indianos contraíram o novo coronavírus, fazendo com que o país chegue a 456.183 infecções. Mais 465 mortes foram contabilizadas para um total de 14.476.

A Índia está atrás apenas de Brasil e Estados Unidos no ranking dos países que mais registram infectados diariamente no mundo todo. Mumbai e a capital Nova Delhi seguem como as cidades indianas mais afetadas pela pandemia.

Rússia

Logo acima da Índia na classificação dos países com mais casos totais de covid-19, a Rússia ultrapassou nesta quarta a marca de 600 mil infectados. Com o acréscimo de mais 7.176 contaminações, o país chegou aos 606.881 casos do novo coronavírus.

Segundo o governo russo, 154 pessoas morreram de covid-19 no país nas últimas 24 horas. O total de óbitos causados pela doença no país é de 8.513.

Japão

O governo de Tóquio, capital do Japão, registrou mais 55 infectados nesta quarta-feira, a maior taxa desde que o primeiro-ministro Shinzo Abe decidiu suspender o estado de emergência em todo o país. Os números foram reportados logo após a governadora de Tóquio, Yuriko Koike, dizer que a região deve apresentar taxas “um tanto altas” de novos casos após um foco de infecções ter sido descoberto em um escritório na capital japonesa.

Apesar disso, autoridades disseram que parte das contaminações reportadas nesta quarta foram identificadas em testes preventivos, reiterando que a mais recente atualização não obriga Tóquio a reimpor restrições em combate à pandemia.

Ao todo, o Japão soma 18.024 casos confirmados e 963 mortes provocadas pela covid-19.

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com