6 de Dezembro de 2021

Dólar

Euro

Internacionais

Jornal Primeira Página > Notícias > Internacionais > Segurança alimentar e desenvolvimento sustentável dominam debates do G20

Segurança alimentar e desenvolvimento sustentável dominam debates do G20

20/02/2012 13h05 - Atualizado há 10 anos Publicado por: Redação
Segurança alimentar e desenvolvimento sustentável dominam debates do G20

Representantes dos ministérios das Relações Exteriores do G20 (grupo dos países mais ricos do mundo) se reuniram ontem (19)em Los Cabos, na fronteira do México com os Estados Unidos. A  reunião “informal” foi convocada para discutir as alterações climáticas, a segurança alimentar e o desenvolvimento sustentável. A conferência Rio+20 também é um dos temas dos debates. A China e a Rússia, no entanto, não enviaram representantes.

“Há muitos problemas que tocam a vida de milhões de pessoas no mundo e sobre os quais a comunidade internacional não tem conseguido fazer progressos visíveis”, disse a ministra dos Negócios Estrangeiros do México, Patricia Espinosa. O México está no comando do G20.

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, destacou a preocupação dos Estados Unidos em estabelecer uma nova ordem na economia mundial. “Um sistema baseado nas políticas para uma concorrência “livre, transparente e equitativa”, disse.

Nos debates, representantes da União Europeia defenderam a ideia de uma organização mundial do ambiente. O representante do Brasil nas discussões é o embaixador Luiz Alberto Figueiredo Machado, subsecretário-geral de Energia e Alta Tecnologia do Ministério das Relações Exteriores, que está na organização da Rio+20, marcada para junho, no Rio de Janeiro.

As discussões contaram também com a participação de representantes de dez países não membros. São eles a Argélia, o Azerbaijão, Chile, a Colômbia, Espanha, os Emirados Árabes Unidos, a Noruega, Singapura, assim como o Camboja – presidente em exercício da Associação das Nações do Sudeste Asiático (Asean) – e o Benin para a União Africana (UA).

No próximo fim de semana, os ministros da Fazenda e os presidentes dos bancos centrais do G20 se reúnem no México em busca de um acordo sobre o reajuste dos recursos do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x