Marlene Macedo

Padre Dony – 35 anos de atuação em Itirapina


No próximo dia 03 de fevereiro, nosso querido Padre José Donizete de Oliveira, Padre Dony, completa 35 anos de atuação em nossa Paróquia de Santo Antonio. Apesar do longo tempo de atuação e do exaustivo trabalho desenvolvido, traz consigo a alegria e fé que sempre o moveram frente as tarefas para o qual ele disse SIM, e aceitou o chamado de sua vocação.  Fico imaginando o Padre Menino chegando por aqui, quanta coisa por fazer, quantos obstáculos você foi vencendo, e sempre com muito discernimento e muita persistência, você foi vencendo um por um. Somente quem conhece a história de nossa cidade pode mensurar o quanto foi grande seu trabalho e o quanto você mudou a história de nossa gente. Não se trata apenas de prédios físicos, pois estes estão a mostra, para quem quiser os visitar, trata-se dos inúmeros projetos sociais, os quais você, sonhou, implantou e fez acontecer. Não precisamos citar todos (Pão dos Pobres, Projeto Flor da Idade, Clube de Mães, Clube dos Idosos, Comunidades Rurais, Grupos de Jovens etc.…), apenas a Creche Menino Jesus, onde milhares e milhares de crianças passaram por nossa creche e tiveram naquele espaço o acolhimento digno e necessário para o desenvolvimento de uma infância feliz. Hoje a situação não é diferente. Você continua grande, o Padre Menino mora aí, no seu coração, sonhando grande, sonhando com a dignidade humana, com um mundo mais cristão e acolhedor. Impossível nao lembrar da responsabilidade, do carinho, amor e respeito, com o qual conviveu e cuidou do Padre José Maria.Quem o conhece, sabe o quanto você evangeliza, o quanto suas mãos ajudam quem precisa, em silêncio, sem alardes! Em cada canto de nossa cidade sempre haverá muito do seu trabalho: espiritual, assistencial, gestor e empreendedor. Em cada canto de nossa cidade haverá um menino que passou pela Creche Menino Jesus, e que hoje tem uma vida melhor e mais digna porque encontrou amor e atendimento, naquele solo que, para você, era mais que sagrado! Nada é por acaso, meu amigo, tudo é por Deus! Seu trabalho impecável e incessante nunca irá acabar! Que sorte teve nossa cidade, no dia 3 de fevereiro de 1985, quando chegou por aqui um padre sério, competente, com as mãos ungidas e que por nenhum momento, desistiu de nosssa gente, fiel à sua vocação e iluminado para a Missão para qual Deus o confiou! Deus o abençoe, grandemente!

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *