Miltinho de Carvalho

Coluna Miltinho Carvalho – 16/06/2020

• Bookmarks: 1


Humor

O bêbado entrou na contramão e o guarda o deteve:
– Onde é que o senhor pensa que vai?
– Bom… eu ia pruma festa, mas parece que ela já acabou… Tá todo mundo vortando!

Cantinho da Saudade: ‘Cascatinha & Inhana’

E hoje vamos falar de um dos mais importantes encontros musicais (e sentimentais) da história da música brasileira. Já passa dos 70 anos, data que remete ao tempo um passado, desde que Francisco dos Santos e Ana Eufrosina da Silva se conheceram, se casaram, e formaram uma das mais emblemáticas duplas da música caipira, Cascatinha & Inhana, que eternizaram composições como Índia (1952), Meu Primeiro Amor (também de 1952) e Colcha de Retalhos (1959).

Festas Juninas são canceladas no Nordeste e deixam saudade em público apaixonado pela alegria junina

É difícil contestar: a festa junina é uma das mais agitadas e gostosas épocas do ano. Com muito forró, comidas típicas e brincadeiras, o São João é bom de se comemorar em conjunto. No entanto, a pandemia de Covid-19 forçou a sociedade ao isolamento social e a evitar aglomerações como uma medida de proteção. Com isso, o mês de junho perdeu o seu principal atrativo: os festejos de São João no meio da multidão.
Assim, as quadrilhas juninas precisaram se reinventar para manter a tradição viva, mesmo que digitalmente. “É muito triste para os grupos saberem que eles não vão conseguir colocar seus trabalhos em quadra durante o ano de 2020. Mas, o movimento junino é muito criativo, muito eclético”, comenta Anderson Assunção, diretor da Federação das Quadrilhas Juninas do Ceará (Fequajuce).
Ele conta que muitas quadrilhas decidiram investir em transmissões ao vivo (lives) nas redes sociais para manter a empolgação do público. Nelas, os grupos organizam momentos de música, histórias importantes dentro do movimento junino e até “causos engraçados” de integrantes. Muitos aproveitam para fazer arrecadação de alimento e recursos para doações durante a pandemia de Covid-19.

Vinícius & Venâncio “A Juventude na Viola”

Os irmãos gêmeos começaram a cantar aso seis anos estudantes de Agronomia e tem muitas histórias ligadas ao sertanejo raiz do qual são grandes fãs.
Vinícius Wendell Ramos Martins e Venâncio Wendell Ramos Martins formam a dupla sertaneja conhecida como Vinícius e Venâncio, nascidos em 03 de outubro de 2000 na cidade de Anápolis em Goiás, de um parto de gêmeos idênticos.
Sonharam muito cedo em fazer sucesso com a música por iniciativa de seu pai, o Sr. Wendell. Os garotos Vinícius e Venâncio com apenas quatro anos de idade eram incentivados a ouvir programas de sertanejo raiz na rádio. O pai ensinava as letras de clássicos da música sertaneja de raiz (como Menino da Porteira, Ferreirinha e João de Barro), dando ênfase principalmente nas histórias de cada canção para assim chamar a atenção dos gêmeos.
Com o passar dos dias foram se envolvendo com a arte de cantar e aos cinco anos ganharam seus primeiros instrumentos. Por opção própria de escolha entre um vídeo game ou uma viola caipira, o escolhido foi o instrumento de dez cordas.
Aos sete anos já participavam de Rodas de Viola, Concurso de Violeiros e se apresentavam em vários programas de rádio e de TVs regionais. Subiram em vários palcos famosos e consagrados no meio como os de Fernando e Sorocaba, Lourenço e Lourival, Léo Magalhães, Milionário e José Rico, João Bosco e Vinícius, Guilherme e Santiago, Leonardo e outros.
Em 2011 gravaram seu primeiro trabalho “Destino de Caipira” e ao mesmo tempo frequentando palcos importantes da TV nacional como o Programa do Raul Gil no SBT e Terra da Padroeira na Rede Aparecida. O efeito da apresentação em rede nacional foi extraordinário. Abriram portas para shows em todas as regiões do país e passaram a ser reconhecidos por admiradores e fãs por todos os lugares que passavam.
No ano de 2012 concluíram o segundo trabalho (Violeiros de Goiás) com participações especiais de seus amigos e incentivadores João Carreiro e Capataz e Di Paulo e Paulino. Recentemente gravaram o terceiro trabalho “Meu Primeiro Beijo” com 7 canções inéditas sendo 4 destas com parceria e composições próprias.
No ano de 2019 eles participaram do concurso da TV Anhanguera cantando a música “ Posso te ensinar de Novo” e foram semifinalistas.
Nossos parabéns meninos que Deus os abençoe grandiosamente. Sucesso.

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com