25 de Setembro de 2021

Dólar

Euro

Miltinho de Carvalho

Jornal Primeira Página > Notícias > Miltinho de Carvalho > Coluna Miltinho de Carvalho – 13/07/2021

Coluna Miltinho de Carvalho – 13/07/2021

13/07/2021 08h01 - Atualizado há 2 meses Publicado por: Redação
Coluna Miltinho de Carvalho – 13/07/2021

Humor – Sumiço da sogra

Um cara foi à delegacia e disse:

– Eu vim dar queixa, pois a minha sogra sumiu.

O delegado disse:

– Há quanto tempo ela sumiu?

– Duas semanas – respondeu o genro.

– E só agora é que você me fala?

– É que eu custei a acreditar que eu tivesse tanta sorte!

 

Memória – São Carlos perde mais um de seus astros: Jair do Acordeon

Na edição de hoje, a Coluna Sertaneja presta uma singela homenagem ao nosso querido amigo Jair do Acordeon, grande músico da nossa cidade de São Carlos.

Jair do Nascimento, mais conhecido por Jair do Acordeon, nos deixou neste dia 9 de Julho de 2021, vítima da Covid-19, na cidade de São Carlos com 66 anos.

Começou a carreira desde os 15 anos. Ele já fazia as suas apresentações em bairros da cidade e participou de varias bandas de baile de nossa cidade. Também acompanhou por vários anos o conjunto “Los Pernas”.

A cidade de São Carlos perdeu um grande cidadão. O mundo da música está muito triste. Perdemos um grande ícone da nossa música, um ser humano incrível, uma pessoa maravilhosa, companheiro, um grande amigo que por tantos anos abrilhantou shows e bailes por toda a nossa cidade e região sempre com a maior alegria e dedicação para com todos os seus admiradores.

Jair amava a profissão e tinha muitas influências na história da música. Considerado um dos melhores sanfoneiros da região, se tornou muito conhecido e reverenciado por onde passava.

Os amigos Miltinho de Carvalho, Chico Perna, Mário Perna e muitos amigos da cidade de São Carlos comentaram que tiveram o prazer de conviver e participar de bons momentos com esse ser maravilhoso, durante vários anos.

“Jair, todos nós sabemos quanto você foi importante e especial para nós que tivemos o prazer de estar sempre perto de você. Com certeza, você levou um pedacinho de cada um de nós… Nós perdemos uma pessoa sensacional. Só tenho coisas boas para dizer de você. Você partiu e nós ficamos. A vida aqui na terra é simplesmente uma passagem e estamos aqui para aprender. Você foi morar com Deus onde só os grandes mestres podem chegar”.

Dedico esta matéria a esta pessoa especial em nossas vidas que nos ensinou a lutar pelos nossos sonhos sem desanimar e que é exemplo a ser seguido. Ele lutou sem medir esforços pelos seus sonhos. Uma pessoa mais que especial que está dentro do nosso coração e que será sempre lembrada pela família sertaneja, pelos amigos e admiradores de sua arte e pelos seus conhecedores da autêntica música raiz.

“Vamos sentir muita saudade. Mas vamos continuar orando e pedindo para Deus nos dar força e coragem para toda a sua família e amigos a fim de confortar os nossos corações. Descanse em Paz!”

*Nasceu em 9/4/1955

+ Faleceu em 9/7/2021

 

Galeria dos Grandes Mestres – Nossa homenagem ao cantor e compositor Cornélio Pires

Nesta terça-feira, 13 de julho, é celebrado o Dia Nacional da Música e da Viola Caipira.

A data é uma homenagem ao nascimento de Cornélio Pires, folclorista e incentivador e percursor na incersão da cultura caipira no Brasil.

Considerado um importante etnógrafo da cultura e do dialeto caipira um dos grandes nomes da música caipira e o reconhecimento desse segmento que faz parte do legado histórico cultural do País.

Publicou as obras: A Musa Caipira (1910), Tragédia Cabocla (1914), Quem Conta um Conto (1916), Conversas ao Pé do Fogo (1921), Sambas e Cateretês (1932), onde analisava a cultura e a tradição sertaneja.

Cornélio Pires nasceu em 13 de julho de 1884 e faleceu em 17 de janeiro de 1958.

A Coluna Sertaneja não poderia deixar de fazer sua Homenagem a esse grande ícone da música sertaneja raiz do Brasil.

 

Mensagem da semana

Abrace todas as oportunidades.

Sorria sempre que tiver vontade.

Fale “eu te amo” quando quiser.

Procure soluções para seus problemas.

Seja verdadeiro na maior parte do tempo

Enfrente seus medos com naturalidade.

E procure ouvir, muito mais do que falar…

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x