Polícia

56 aves silvestres são apreendidas pela Polícia Militar Ambiental em Araraquara


Idoso responsável pela criação dos pássaros, pode ser multado em R$ 30 mil

Ao todo, 56 aves silvestres, que eram mantidas no interior de uma residência sobre os cuidados de um idoso que não teve a sua idade divulgada, foram apreendidas pela Polícia Militar Ambiental, no decorrer da manhã da última segunda-feira (29), na cidade de Araraquara (SP).

Uma denúncia anônima realizada junto ao Policiamento Militar Ambiental, ocasionou uma diligência junto ao imóvel onde estariam os pássaros, sendo que em buscas, após ser contido o acusado em abordagem, os PMs localizaram as aves das espécies canário-da-terra-verdadeiro, pássaro-preto, cardial, bigodinho, tico-tico-rei e bicudo-verdadeiro, que eram mantidos em cativeiro e correm o risco de extinção.

Diante de tal ocasião, os PMs realizaram a apreensão dos pássaros silvestres, onde as autuações aplicadas junto ao acusado que era o responsável pelo cultivo das aves em cativeiro, pode ultrapassar os R$ 30 mil, uma vez que para cada pássaro que não corre risco de extinção é aplicado o valor de multa de R$ 500,00, e para as aves em extinção a quantia é R$ 5 mil.

Durante as buscas ao não serem localizados instrumentos que caracterize a caça das espécies, os PMs indagaram o idoso sobre o motivo no qual os pássaros eram mantidos em cativeiro, onde o mesmo afirmou que teria as aves como criação própria e não para a venda.

Todos os pássaros apreendidos foram encaminhados até um ambulatório veterinário para os atendimentos e avaliações necessárias, sendo posteriormente soltos em seus hábitats naturais.  

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com