Polícia

Autor de homicídio é preso por policiais civis da DIG em Araraquara


Policiais civis da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), detiveram no decorrer da tarde do último domingo, 01, um jovem de 24 anos, identificado como Willian Antônio Politti, acusado de executar a tiros durante a madrugada, Alessandro de Oliveira, 33 anos, nas dependências do bairro Jardim Adalberto Roxo na cidade de Araraquara.
O 12º homicídio ocorrido no município, foi comunicado via 190 ao Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM), onde ao atendente da instituição, o solicitante informou que um homem negro, vestindo camiseta vermelha e uma bermuda do Corinthians, estaria caído em certo ponto do respectivo bairro, apresentando diversos ferimentos e aparentando estar sem vida.
Na ocasião dos fatos, rapidamente uma equipe de militares se deslocou até o endereço informado, e na chegada constataram a veracidade das informações recebidas, onde a área do encontro do cadáver foi preservada, e posteriormente comunicado o caso para a equipe do Plantão da Polícia Civil da cidade, que solicitou pela presença da Polícia Técnico Científica até o local, para a realização dos trabalhos de perícia técnica por parte do Instituto de Criminalística (IC).
O corpo de Alessandro de Oliveira foi removido pela Funerária de Plantão, e encaminhado na sequência até o Instituto Médico Legal (IML) de Araraquara, sendo o crime registrado posteriormente em Boletim de Ocorrência.
Após o registro do ocorrido com base no artigo 121 do Código Penal Brasileiro, o setor de homicídios da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) assumiu o caso, onde no decorrer dos trabalhos investigativos que foram iniciados, os policiais civis identificaram um possível suspeito, cujo qual foi encontrado em buscas e diligências, e ao ser indagado sobre o caso afirmou a autoria do crime contra a vida o seu desafeto.
Para a equipe de investigação, o acusado afirmou que teria se desentendido com a vítima e em tal momento deixou o local em que estavam, foi até outro ponto que não foi informado aos policiais civis, e ao tomar posse de um revólver calibre .32, voltou ao encontro de Alessandro, sacou do armamento e desferiu tiros contra o mesmo, que ao ser alvejado não resistiu aos ferimentos e morreu no local dos fatos.
Após os tiros efetuados, o acusado empreendeu fuga com destino ignorado, e durante a evasão afirmou para a equipe da especializada que perdeu tal armamento que foi utilizado.
Diante das informações recebidas, o indivíduo recebeu voz de prisão, e ao ser levado até a sede da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Araraquara, todo o ocorrido foi registrado pelo delegado de polícia titular da especializada em Boletim de Ocorrência, onde ao término dos trabalhos por parte do policiamento judiciário, o indiciado foi autuado pelo ato e recolhido para a Cadeia Pública de Santa Ernestina, onde ficou à disposição da Justiça.
O corpo de Alessandro de Oliveira, 33 anos, foi velado no Velório Municipal da cidade e o sepultamento ocorreu por volta das 10h30 no Cemitério das Cruzes.  

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *