Carro-Forte é roubado e capota durante ataque na SP-330 em Santa Rita do Passa Quatro/SP

13 de maio de 2019


Um Carro-Forte pertencente a Empresa de Transporte de Valores Protege, ficou destruído ao ser interceptado por uma quadrilha fortemente armada, capotar e na sequência ser explodido e roubado, na Rodovia Anhanguera (SP-330) na cidade de Santa Rita do Passa Quatro/SP.
O fato ocorreu no Km-255, nas proximidades de uma praça de pedágio pelo referido trecho, onde de acordo com o apurado, utilizando de armamento de alto calibre, por volta das 20h os criminosos se aproximaram do veículo de valores utilizando de pelo menos dois carros do modelo SUV, e disparando tiros contra o mesmo fez com que o motorista perdesse o controle de direção e capotasse sobre o canteiro central da rodovia.
Na sequência do acidente, os vigilantes que ocupavam o carro-forte foram rendidos pelos criminosos, que explodiram o cofre e ao tomar posse do dinheiro empreenderam fuga em direção a cidade de Ribeirão Preto/SP.
O vigilante que conduzia o veículo de transporte de valores, decorrente do capotamento sofreu ferimentos de natureza leve, e necessitou ser imobilizado por equipes de socorro da concessionária que administra o referido trecho, sendo socorrido para a Santa Casa de Santa Rita do Passa Quatro/SP.
A Polícia Militar Rodoviária mobilizou diversas viaturas ao local, e além de preservar a área do ataque realizou buscas com auxílio de outras companhias da Polícia Militar da região, que em alerta, inclusive o efetivo de São Carlos/SP, tentam encontrar a quadrilha que até o fechamento desta matéria não tinha sido localizada.
Durante os disparos efetuados em direção ao carro-forte, dois caminhões que transitavam pela rodovia foram alvejados, e por sorte ninguém se feriu.
Uma das faixas da rodovia ficou interditada devido ao ataque, devido ao local ser preservado para os procedimentos de perícia técnica, realizado pela Polícia Técnico Científica.
O crime foi registrado em Boletim de Ocorrência pela Polícia Civil de Santa Rita do Passa Quatro/SP, que deverá proceder nas investigações do caso.

comments icon 0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *