Polícia

Criança de 10 anos acusa homem de estupro em cidade da região


Um possível caso de estupro de vulnerável, foi registrado junto à Polícia Civil no decorrer do último domingo, 01, após uma criança de 10 anos, afirmar ter sido estuprada por um homem de 50 anos, nas dependências de sua residência localizada na cidade de Américo Brasiliense.
O possível abuso contra a menor, aconteceu na noite do sábado, 30, durante a visita do acusado no imóvel em que reside a criança, juntamente com o restante da sua família, onde em tal ocasião, o homem perguntou pela genitora da menina, alegando que precisaria conversar com a mesma, onde em ato continuo a filha manteve contato com a mãe e informou tal fato, sendo então solicitado para que o indivíduo aguardasse pela sua chegada, devido a mesma ter se ausentado da moradia.
Na chegada da mulher a sua residência, a mesma informou que desconhecia o motivo pelo qual o indivíduo teria ido até a sua moradia, e em tal momento fez com que o mesmo fosse embora do local, onde em ato continuo a mesma deixou a filha e um irmão da mesma na casa da babá, e posteriormente retornou para o trabalho.
No decorrer da noite do sábado, a criança relatou para a mãe que teria sofrido um abuso por parte do indivíduo, onde na ocasião o mesmo teria colocado a menina em seu colo, vindo a acariciar seus seios e também sua vagina.
Para melhor verificação junto a filha, a mulher levou a mesma até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde relatou a versão da criança ao médico da unidade, que afirmou não ter encontrado nenhum tipo de lesão nas partes íntimas da vítima.
Ao procurar pelo Plantão da Polícia Civil de Araraquara, todo o desfecho do ocorrido com base nas versões apresentadas pela menor, foram informadas ao delegado de polícia plantonista, que diante das circunstâncias dos fatos realizou o registro de Boletim de Ocorrência de Estupro de Vulnerável, emitindo uma solicitação de exame de corpo de delito junto ao Instituto Médico Legal (IML) de Araraquara, para verificar melhor a situação da criança, quanto ao suposto crime registrado.
A autoridade policial constatou ainda, que no ano de 2013 a menor foi vítima de um abuso sexual, um estupro, no qual foi praticado pelo próprio pai.
O registro sobre o ocorrido foi encaminhado para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), que deverá prosseguir nas investigações sobre o caso.

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *