18 de Maio de 2021

Dólar

Euro

Polícia

Jornal Primeira Página > Notícias > Polícia > Desentendimento de vizinhos termina em atropelamentos no Parque Douradinho

Desentendimento de vizinhos termina em atropelamentos no Parque Douradinho

Entre as vítimas, socorridas pelo SAMU e Corpo de Bombeiros, está uma gestante de 29 anos

04/05/2021 06h17 - Atualizado há 2 semanas Publicado por: Redação
Desentendimento de vizinhos termina em atropelamentos no Parque Douradinho Foto: Jean Guilherme

Um desentendimento entre vizinhos, terminou com uma gestante de 29 anos e um homem de 54 anos feridos, depois de terem sido atropelados por um automóvel, que tinha no volante um estudante de 25 anos, no decorrer da noite desta última segunda-feira (3), no Parque Douradinho.

De acordo com o apurado, tudo começou após o acusado pelo ato, ter passado sobre uma poça d’água com o veículo, e assim ter molhado alguns moradores da Rua João Garcia.

Via 190, foi comunicado ao COPOM (Centro de Operações da Polícia Militar), que dois vizinhos estariam brigando em meio a via pública, e de imediato foi empenhada uma equipe de militares para o atendimento do caso, sendo que na chegada ao local, os militares se depararam com duas vítimas, atingidas por um automóvel que teria o motorista se evadido com o veículo do local.

Na chegada das equipes do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e Corpo de Bombeiros, a gestante e um homem necessitaram ser socorridos, e a vítima masculina foi submetida à procedimentos cirúrgicos devido as lesões sofridas na região do tórax.

Em contato com testemunhas e também a companheira do acusado pelo ato, os PMs verificaram que o estudante estaria em trânsito com o veículo por tal endereço, quando molhou uma moradora ao passar em uma poça d’água, e assim passou a ser ofendido, porém, deixou o local, pois não tinha a intensão de ‘molhar’ ninguém, onde ao retornar momentos após para buscar a companheira para levá-la ao trabalho, vizinhos do imóvel da mulher cercaram o veículo, onde acelerando o acusado acabou causando todo o desfecho da ocorrência.

Sendo o fato apresentado no Plantão da Polícia Civil de São Carlos (SP), o delegado plantonista determinou pelo registro da ocorrência como Lesão Corporal na Direção de Veículo Automotor, devendo ser o fato apurado pelo policiamento judiciário.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x