Foragida da Justiça se joga do terceiro andar de prédio, durante operação policial

13 de agosto de 2019


Uma mulher que não teve a sua idade divulgada, e estaria constando como Foragida da Justiça, cujo artigo na qual a mesma possuí irregularidades penais também não foram informados, se jogou pela janela de um prédio do terceiro andar na manhã desta segunda-feira, 12, durante uma operação realizada pela Polícia Militar, no Residencial Oitis na cidade de Araraquara.
Segundo apurado, diversas equipes de militares realizavam diligências no decorrer de uma ação em combate ao tráfico de drogas no local, quando nas intervenções que eram realizadas, os PMs foram informados de que no interior de um apartamento, em um dos blocos vistoriados, havia uma mulher que estaria com irregularidades penais, onde ao averiguar as informações recebidas, os militares se deslocaram até o imóvel, e no local foram atendidos por uma mulher, que ao notar se tratar da polícia na residência, a mesma passou a apresentar atitude suspeita e nervosismo, sendo que em ato continuo ao ser indagada sobre a sua identidade, a mesma repassou aos PMs o nome da sua irmã, onde para constatar a veracidade dos fatos, os PMs solicitaram pela Certidão de Nascimento de uma criança na qual estaria com a suspeita, onde então a mulher saiu correndo no interior do apartamento em direção a uma das janelas e posteriormente pulou para a parte externa do prédio.
Com ferimentos e fraturas decorrentes a queda do terceiro andar da edificação, a mulher recebeu os primeiros atendimentos por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), e depois de ser imobilizada, a mesma foi socorrida até a Santa Casa de Araraquara, permanecendo sobre escolta policial.
Devido as circunstâncias do caso, a área da queda da procurada pela Justiça foi preservada, e então acionada pela Polícia Técnico Científica para os procedimentos de perícia técnica por parte do Instituto de Criminalística (IC), onde ao término dos serviços, o ocorrido foi encaminhado para uma unidade da Polícia Civil do município, sendo na sequência registrado o desfecho da intervenção policial em Boletim de Ocorrência.
A criança que estaria na companhia da Foragida pela Justiça foi entrega a sua genitora.

comments icon 0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *