Polícia

Força Tática e Canil do 11º BAEP detém indivíduo e apreende maconha e cocaína no Arnon de Mello


Estabelecimento comercial de responsabilidade do acusado, também foi autuado pela fiscalização municipal devido a irregularidades

Um homem de 35 anos foi detido por policiais militares da Força Tática e também do Canil do 11º BAEP (Batalhão de Ações Especiais de Polícia), no decorrer da noite da última segunda-feira (29), após a localização de drogas, sendo cocaína e maconha, em posse do averiguado, como também nas dependências de um terreno baldio e uma casa desabitada, nos âmbitos de uma operação saturação, no bairro Arnon de Mello.

Durante a ação, as equipes se deslocaram até a Rua José Quatrochi, junto a um estabelecimento comercial que vem sendo utilizado para a prática do tráfico de entorpecentes, onde na chegada ao local apontado, os PMs contiveram o responsável pelo comércio em abordagem, e ao ser submetido aos procedimentos de buscas pessoais, o averiguado foi surpreendido em posse de um invólucro de maconha e um cigarro do mesmo entorpecente.

Com auxílio do cão Mauss, farejador do Canil do 11º BAEP de Ribeirão Preto (SP), buscas minuciosas foram realizadas nas dependências de um terreno baldio ao lado do comércio, sendo localizados dois tijolos e uma porção bruta de maconha, além de 54 eppendorfs contendo cocaína. Em novas diligências, realizada desta vez com o cão no interior de uma residência desabitada na mesma localidade, foram localizados 10 invólucros de maconha e mais 42 eppendorfs com cocaína.

De imediato o acusado foi detido, onde para melhor averiguação junto ao seu comércio, foi solicitado um apoio junto ao Departamento de Fiscalização Municipal, sendo constatado irregularidades junto ao estabelecimento, que foi autuado por falta de documentação, relativa ao funcionamento.

Encaminhado junto com todo o material ao Plantão Policial da Delegacia Seccional da Polícia Civil de São Carlos (SP), o caso foi apresentado ao delegado plantonista, que determinou pela elaboração de um Termo Circunstanciado de Porte de Entorpecentes, bem como um Boletim de Ocorrência de Apreensão de Entorpecentes, onde ao término dos procedimentos por parte do policiamento judiciário, o indiciado foi ouvido, e possibilitado a responder pelo ato em liberdade.

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com