27 de Janeiro de 2022

Dólar

Euro

Polícia

Jornal Primeira Página > Notícias > Polícia > Polícia Federal fecha estufa clandestina utilizada para cultivo de Maconha

Polícia Federal fecha estufa clandestina utilizada para cultivo de Maconha

Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão, uma pessoa foi presa em flagrante

13/01/2022 11h58 - Atualizado há 2 semanas Publicado por: Redação
Polícia Federal fecha estufa clandestina utilizada para cultivo de Maconha

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (13/01/2022) a operação “Evil Harvest”, cujo objetivo é desarticular um grupo criminoso instalado em Londrina/PR e que explorava atividades de tráfico de entorpecentes.

Cerca de 10 policiais federais estão cumprindo 02 mandados de busca e apreensão nas cidades de Londrina e Cambé, ambas no interior do Paraná. Ao longo das investigações verificou-se que o grupo teria alugado um galpão comercial que foi transformado em estufa clandestina, onde cultivavam Maconha para ser revendida na região.

Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão, uma pessoa foi presa em flagrante no momento em que fazia a manutenção das mudas de maconha. A operação recebeu o nome de “Evil Harvest” em alusão à tentativa do grupo em cultivar a própria maconha revendida aos usuários finais. Evil Harvest significa “Colheita Maldita” em uma tradução livre.

Os investigados responderão pelo crime de tráfico de entorpecentes e associação criminosa, cujas penas máximas somadas atingem 18 anos de reclusão. Será concedida entrevista coletiva às 10h na sede da Delegacia da Polícia Federal em Londrina/PR, com número restrito de vagas em face das restrições decorrentes da situação de pandemia em vigor (serão admitidos no máximo 02 profissionais por veículo de imprensa, que deverão portar crachá de identificação e observar as medidas de proteção como uso de máscara e manutenção de distanciamento mínimo entre os presentes).

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
1
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x