Polícia

Suspeito de balear militar do TOR morre em confronto com a PM em Rio Claro


Um indivíduo que não teve a sua idade divulgada e seria suspeito por ter baleado o Cabo da Polícia Militar Rodoviária no decorrer da noite da última terça-feira, 05, durante uma tentativa de latrocínio, foi morto a tiros na madrugada desta quinta-feira, 07, ao trocar tiros com a Polícia Militar, nas dependências do Jardim Nova Rio Claro no mesmo município.
Segundo consta, os fatos ocorreram na Avenida 03, onde de acordo com o apurado, uma equipe de militares durante a realização do patrulhamento preventivo pelas vias do bairro, ao ingressar por tal endereço mencionado em rondas, acabaram se depararam com o indivíduo em atitude suspeita enquanto pedalava uma bicicleta, sendo que no momento em que o mesmo recebeu ordens de parada para uma abordagem, em ato continuo o rapaz sacou de um revólver calibre .38, e ao apontar e direção aos PMs efetuou dois disparos, onde no revide de defesa ao ataque, os policiais militares também dispararam em direção ao indivíduo, que foi alvejado pelo menos cinco vezes.
Ao comunicar o ocorrido junto ao Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM), foi acionado por socorro para o rapaz junto ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), onde na chegada de uma Unidade de Suporte Avançado (USA) ao local dos fatos, apenas o óbito do indivíduo pode ser constatado.
Diante dos fatos a área do confronto foi preservada com a chegada de outras equipes de policiamento, e na sequência acionado pela Polícia Técnico Científica para os procedimentos necessários de perícia técnica, onde ao término dos trabalhos por parte do Instituto de Criminalística (IC), o corpo foi removido do local pela Funerária de Plantão e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Rio Claro.
O desfecho do confronto ocorrido foi registrado em Boletim de Ocorrência junto ao Policiamento Judiciário, nas dependências do Plantão da Polícia Civil de Rio Claro.

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *