21 de Setembro de 2021

Dólar

Euro

Política

Jornal Primeira Página > Notícias > Política > A luta contra o machismo não é só das mulheres

A luta contra o machismo não é só das mulheres

Especialistas apontam diversos fatores associados à agressão, entre eles o machismo enraizado em nossa cultura

27/07/2021 09h54 - Atualizado há 2 meses Publicado por: Redação
A luta contra o machismo não é só das mulheres Foto: Divulgação

O Brasil assistiu com perplexidade às cenas de violência praticadas pelo DJ Ivis contra sua ex-esposa Pamella Holanda e a gravidade do que vimos infelizmente reflete um tipo de crime cotidiano, que nem sempre ganha repercussão e muitas vezes sequer entra nas estatísticas. E o que é pior: a incidência aumentou na pandemia.

Especialistas apontam diversos fatores associados à agressão, entre eles o machismo enraizado em nossa cultura. Talvez vocês estranhem um homem abordar esse assunto afinal, jamais senti na pele o que uma mulher sente. Porém, o combate a violência é um dever de todos nós. A voz masculina também precisa se posicionar contra o que é inadmissível, cruel e desumano!

Não falo apenas como deputado. Falo com pai, filho, marido, empresário. A busca pela igualdade de gêneros, na minha visão, é uma luta da sociedade e começa no nosso dia-a-dia, ficando inclusive mais atentos a todas as formas de desrespeito que infelizmente às vezes são encaradas com naturalidade. Participei recentemente de um podcast com três mulheres que citaram vários exemplos de situações que, para muitos homens e até mulheres, podem ser encaradas como brincadeiras inofensivas. Vale a pena se informar mais na minha página no facebook Murilo Félix – São Carlos afinal, a educação também é fundamental para enfrentarmos esse desafio.

Como deputado, também defendo avanços nas tecnologias e programas que viabilizem uma atuação mais rápida para coibir a violência e o feminicídio. Também luto por políticas públicas que tornem as mulheres mais empoderadas e independentes, pois a dependência financeira é um dos motivos que levam muitas vítimas a ficarem caladas diante da violência dentro de casa. Da mesma forma, quando busco mais creches, escolas e ensino integral para o interior, possibilitando que as mulheres tenham segurança para trabalhar fora (se assim desejarem) e buscar seu próprio sustento, estou lutando contra o machismo e a violência.

O caminho para reverter o machismo é longo e depende de todos nós.


Murilo Félix – deputado estadual (Podemos)

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x