28 de Outubro de 2021

Dólar

Euro

Política

Jornal Primeira Página > Notícias > Política > Airton Garcia tem filiação vetada pelo PV

Airton Garcia tem filiação vetada pelo PV

16/09/2011 18h57 - Atualizado há 10 anos Publicado por: Redação
Airton Garcia tem filiação vetada pelo PV

DSC03007Com a movimentação política dos últimos dias, que envolvem reuniões partidárias e predefinições de candidatos e chapas para as eleições de 2012, um assunto ganhou destaque no meio: a possível mudança de partido de Airton Garcia, que sairia do DEM (Democratas), sua atual legenda, e iria para o PV (Partido Verde).

Inicialmente, o boato foi rechaçado, inclusive, pelo empresário que, procurado na tarde da última terça-feira, negou a pretensão de sair do Democratas. Na ocasião, Airton afirmou estar em São Paulo, mas que estaria lidando com outros assuntos que não envolviam a sua filiação ao PV.

Contudo, na noite de quarta-feira, houve uma completa reviravolta no caso, quando o atual presidente do Diretório Municipal do PV de São Carlos, Walcinyr Bragatto, antecipou à reportagem do jornal Primeira Página que o pedido de filiação de Airton Garcia (assim como de qualquer outro político) havia sido vetado anteontem, de maneira unânime, pela Comissão Eleitoral Estadual do partido, em São Paulo.

“Todas as decisões do PV são democráticas e passam pelo crivo de várias instâncias. Desde a municipal até a estadual, passamos por um processo estabelecido, com regras bem definidas. Ou seja, mesmo que uma decisão seja aprovada no município, terá de ser referendada pela região e pelo Estado. E foi isso o que aconteceu: a Comissão Eleitoral Estadual do partido, que é a última em São Paulo, vetou as propostas de filiação apresentadas, dentre elas, a proposta pelo ex-presidente Gerson Duarte, que indicou o Airton Garcia”, explicou Bragatto.

Para o atual presidente da legenda, tal pedido de filiação feriu alguns princípios do partido, principalmente no que diz respeito à hierarquia, pois a proposta de filiação de Airton foi feita, diretamente, à diretoria estadual do PV, sem passar pelos crivos municipais e regionais. Mesmo assim, diz Bragatto, não haverá racha no partido.

“Quando foi realizada a eleição para a escolha do novo diretório municipal, todo o trâmite foi realizado dentro das regras, pela porta da frente. O que aconteceu, dessa vez, foi que o processo ocorreu pela porta dos fundos, sem o conhecimento do diretório municipal ou mesmo do regional. Essa é uma atitude que só prejudica o meio político, que carece de credibilidade. Mas como o PV tem uma postura conciliatória, entendo que é preciso dialogar e manter as portas abertas a todos, filiados ou não, pois são situações como essa que fortalecem um partido”, ressaltou Bragatto.

A proposta de filiação de Airton foi apresentada pelo ex-presidente do PV em São Carlos, Gerson Duarte, que tentou colocar no partido uma liderança política, após sua saída da presidência da sigla. Tal atitude, porém, não agradou a diretoria estadual do PV.

“Concordo que o Airton é realmente uma liderança social e política, de grande influência na cidade, mas sua forma de fazer política não condiz com alguns princípios que o partido tem seguido, por isso sua filiação foi vetada.”, finalizou.{jcomments on}

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x