7 de Dezembro de 2021

Dólar

Euro

Política

Jornal Primeira Página > Notícias > Política > Alckmin garante: “Vou visitar São Carlos”

Alckmin garante: “Vou visitar São Carlos”

10/05/2012 12h51 - Atualizado há 10 anos Publicado por: Redação
Alckmin garante: “Vou visitar São Carlos”

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou na tarde desta quarta-feira, 9, em visita ao município de Itirapina, onde inaugurou uma estação de tratamento de esgoto e um prédio da Delegacia de Polícia, que vai visitar São Carlos durante seu mandato, que termina em 31 de dezembro de 2014.  Indagado por um repórter se ele toparia tomar um café com o prefeito Oswaldo Barba (PT), ele mandou preparar o café. “Eu irei a todos os municípios. Todos, todos, todos! Eu já fui a uns 220, mais ou menos. Irei a todos, com certeza. Pode por o café no bule, lá!”.

Alckmin negou que “discrimine” São Carlos no envio de recursos para investimentos e programas sociais, como afirma o prefeito Oswaldo Barba. “Ontem (terça-feira) mesmo eu até tirei um retrato com o prefeito de São Carlos, que estava em São Paulo e foram assinados dois convênios para São Carlos. Nós temos grandes investimentos. Quando fui governador, nós fizemos a nova USP de São Carlos, com investimentos de milhões e milhões de reais. Aliás, a USP, fora da capital tem pouquíssimos campi novos, inclusive levando para lá os cursos de Engenharia Aeronáutica e Engenharia Ambiental. Nós fizemos um grande investimento no Aeroporto Mário Pereira Lopes que levou para São Carlos o Museu Aeronáutico e o centro tecnológico da TAM com mais de 1.000 empregos diretos. Vamos também ter um Novo investimentos no aeroporto.

O governador tucano também anunciou que vai implantar a Fatec (Faculdade de Tecnologia) do Centro Paula Souza em São Carlos. “A Fatec de São Carlos irá beneficiar toda a região. São Carlos tem a Etec e agora terá a Fatec. E todo o empenho no Poupatempo que ajuda a toda a região. Temos nos empenhado para ajudar municípios grandes, médios e pequenos”.

Com relação á saúde, Alckmin disse que o Brasil vive o caos da saúde em todo o país. “Enquanto o governo federal não corrigir a tabela do SUS (Serviço Único de Saúde), as santas casas vão continuar em colapso. A Santa Casa de São Paulo deve hoje R$ 180 milhões. Então, lamentavelmente a situação mais grave do Oiapoque ao Chuí é a saúde. E se o Ministério da Saúde não corrigir a tabela do SUS, a tendência é que a situação, infelizmente, venha a se agravar”.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x