16 de Abril de 2021

Dólar

Euro

Política

Jornal Primeira Página > Notícias > Política > Avanços foram tímidos diante de situação herdada, relata Zé Maria

Avanços foram tímidos diante de situação herdada, relata Zé Maria

29/06/2013 13h58 - Atualizado há 8 anos Publicado por: Redação
Avanços foram tímidos diante de situação herdada, relata Zé Maria

O prefeito de Itirapina, José Maria Cândido (PMDB), foi eleito com 72% dos votos válidos. Quando escolhido, o peemedebista mencionou que buscava mudanças para resgatar o município e fazer com que Itirapina tomasse o seu rumo de desenvolvimento novamente. 

 

Hoje, seis meses depois da escolha da população, ele comenta como a cidade avançou nesse início de mandato. Zé Maria, como é conhecido, afirma que os avanços foram tímidos diante da situação herdada da outra administração, além de uma grande desorganização estrutural da máquina administrativa.

Segundo o prefeito, ele recebeu a Prefeitura com muitas dívidas, falta de dinheiro, falta de equipamentos, de máquinas, caminhões, veículos, ambulâncias, entre outros para as devidas prestações de serviços essenciais. “Dívidas com servidores, fornecedores e obras acima de R$ 7.000.000,00. Máquinas, veículos, tratores, caminhões e ambulâncias sucateados e abandonados nos pátios. Até hoje foram pagos R$ 3.600.00000 destas dívidas, quando poderia ter feito dezenas de investimentos e melhorias com esse dinheiro”.

O prefeito diz entender que houve avanços na esfera da moralização, ordem geral e organização administrativa. “Trabalhei no corte de gastos, contratos duvidosos, desnecessários, além de promover o resgate da confiança de Itirapina no âmbito dos governos federal e estadual e, até mesmo, perante a sociedade. Avanços ocorreram também na área da educação com melhorias da merenda escolar e forma de gestão”, salienta o administrador púbico.

Em sua opinião, a saúde ainda patina, pois depende de muitas licitações para compra de medicamentos, insumos, exames médicos, equipamentos, entre outros, que não caminham com a celeridade necessária. “Agora que consegui preparar o concurso público para contratar mais médicos. Hoje são cerca de 80 licitações em tramitação e a equipe não consegue dar conta de tanta demanda, pois enquanto não se implantar o pregão eletrônico e presencial, bem como o registro de preços, que devem ser implantados no próximo mês de julho, tudo depende de convites, tomada de preços e concorrência pública, que são morosos”, defende.

 

CASAS POPULARES – Um dos principais assuntos destacados em promessas quando eleito foi a questão das casas populares. “O governador já liberou a construção de 200 casas populares pela CDHU e estou em busca de quatro alqueires de terras para viabilizar o início urgente dessas moradias tão reclamadas pela população. São 10 anos sem a construção de uma única casa popular. Dezenas de projetos e solicitações estão em andamento, junto aos governos federal e estadual, mas certamente só em 2014 é que serão viabilizados”, acrescenta o prefeito.

“Esse primeiro ano de governo será de muito desgaste político e administrativo, com muita reclamação, mas de bastante expectativa. Afinal de contas, foram oito anos seguidos de desmandos, desorganização, sucateamento, poucos investimentos e torração do dinheiro público. Agora chegou a hora de colhermos juntos essas sementes nocivas plantadas nesse tempo”, conclui Zé Maria.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais antigas
Mais novos Mais Votados
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
henrique de oliveira
henrique de oliveira
7 anos atrás

Sera que antes de se candidatar esses caras não pesquisão para ver a real situação da prefeitura? , esse papo de coisa herdada é conversa de politico de meia tijela , se sabia que iria pegar uma bucha porque se candidatou?
Vai dizer que é pela vontade de fazer politica , afinal esses cargos não são sem remuneração , não tem nenhum prefeito benemerito ou santo , pegou a bagaça que faça agora um bom serviço.

0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x