Política

Beraldo não traz novidades

• Bookmarks: 3


Sidney BeraldoA breve passagem do secretário da Casa Civil do Estado, Sidney Beraldo por São Carlos na tarde de ontem para gravar um programa de televisão de uma emissora local, deu oportunidade o segundo homem do governo de Geraldo Alckmin (PSDB) abordar temas pertinentes ao investimento vindos do Estado na cidade.

No discurso do secretário, raras foram as informações que revelassem alguma novidade sobre a duplicação da SP 318 e a instalação do Ambulatório Médico de Especialidades (AME). Quanto à internacionalização do aeroporto da TAM (Aeroporto Estadual de São Carlos Mário Pereira Lopes) Beraldo relata que após a última reunião ocorrida entre Daesp (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo), Secretaria Estadual de Transporte e TAM, há duas semanas, já se tem definido o que cada um deve fazer para que o governo indique à Receita Federal a necessidade de transformar o espaço em uma aduaneira. “Nesta conversa foram distribuídas tarefas e o governo está fazendo o que lhe cabe para que se possa chegar a um bom termo”, afirmou.

Quanto à instalação do AME o secretário não foi muito além do que a cúpula do PSDB na cidade já havia dito. Para Beraldo, o Estado busca com os municípios uma parceria onde a cidade oferece um prédio pronto para ser reformado e adaptado às necessidades do AME. “Ficamos sabendo da doação de um terreno pela prefeitura, mas esta não é a situação ideal”, declara. Ele ainda afirma que uma equipe técnica da secretaria de Saúde vira à cidade visitar o local para avaliar as condições do terreno para a implantação do equipamento de saúde. Fontes ligadas aos líderes do PSDB indicam que o partido ainda procura um prédio pronto para instalar o AME de forma mais rápida e menos burocrática que a construção de um prédio que envolve inúmeras licitações um atraso no cronograma. Os tucanos querem a obra ainda para as eleições de 2012.

A duplicação da rodovia SP 318 que liga São Carlos a Ribeirão Preto, segundo Beraldo depende de um entendimento entre Estado e a concessionária que administra esse trecho de estrada. “Havendo VDM (estatística de tráfego nas estradas que mede o Volume Diário Médio) o governo exigira que seja duplicada,mas isso só após esta consulta aos dados estatístico para verificar se existe essa demanda”, informa.

Sobre a iniciativa do governador Alckmin em receber o prefeito Oswaldo Barba para uma audiência, o chefe da casa Civil é categórico em dizer que na medida do possível o governador recebe os prefeitos independente do partido político. Quando não ele, um de seus secretários. “Nós já sabemos que o prefeito Barba já foi recebido pelo secretário da Educação e da Habitação. O governo esta inteiramente a disposição. É uma orientação do governador Alckmin de sermos republicanos. O que interessa é o atendimento à população e nós respeitamos o prefeito e a população que o elegeu. E vamos continuar trabalhando de forma integrada”, declara.

Quanto à redução das tarifas do pedágio nas estradas do Estado, o secretário da Casa Civil, diz que para 2012 haverá um único indexador para reajustar as tarifas do pedágio que será o IPCA. “Nós tínhamos nos contratos antigos o IGP (Índice Geral de Preços), que esse ano foi maior que o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). A partir do ano que vem às correções serão pelo IPCA que já traz um avanço significativo”, relata.

CONVITE – Antes de participar da gravação do programa EPTV Comunidade que deve ser exibido no próximo final de semana, o Secretário Sidney Beraldo almoçou na casa do presidente do Centro de Estudos e Pesquisas de Administração Municipal (Cepam), Lobbe Neto, com a presença do deputado estadual Roberto Massafera (PSDB). Para o almoço o secretário da casa Civil do Estado, o prefeito Oswaldo Barba não foi convidado oficialmente. {jcomments on} 

3 recommended
comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *