Bira faz um balanço de 32 dias na Câmara de São Carlos

17 de março de 2019


Ubirajara Teixeira (DEM), o Bira, encerrou sua passagem pela Câmara de Vereadores de São Carlos na sexta-feira, 15. O suplente do vereador Julio Cesar (PR) atuou por 32 dias e fez um balanço da experiência vivida nesse período.
“Trabalho pelo social há um bom tempo. E esse contato enquanto vereador foi muito importante para mim, pois consegui abrir muitos canais de diálogo com o Poder Público. Consegui encaminhar vários requerimentos. E agora, mesmo sem o mandato, vou acompanhar a execução desses pedidos. Foi uma experiência marcante e certamente me dá forças para a disputa de mais uma eleição em 2020”, disse Bira, em entrevista ao Primeira Página.
Envolvido com as questões dos produtores rurais, Bira acompanhou o trabalho das feiras livres, que acontecem na Praça Brasil, Kartódromo e Avenida Grécia. “A Prefeitura já adquire produtos da agricultura familiar, mas pode fazer muito mais pelos produtores. É do campo que sai a nossa alimentação e não podemos, jamais, desprezar os agricultores”, disse o vereador. “As nossas estradas rurais também merecem melhor conservação e fazem parte desse contexto da agricultura familiar. O Poder Público precisa ter um olhar de atenção na conservação dessas vias de deslocamento para a cidade”, cobrou o ex-vereador.
Merenda
Ainda sobre a alimentação, Bira esteve nas escolas municipais Cônego Manoel Tobias e Maria Lúcia Marrara para checar a distribuição de alimentos. “Verifiquei que os estoques estavam em ordem. O que faltava era a carne vermelha, mas a Prefeitura disse que está empenhada em resolver esse problema”, alertou.
Bira também fez cobranças à Prefeitura. Uma delas diz respeito à iluminação da Praça Paulino Carlos (Catedral). “Estamos no centro de São Carlos. Muitas pessoas frequentam a Catedral e se convivem com o medo à noite. A falta de iluminação dessa praça depõe contra a cidade e contra um dos principais pontos turísticos de São Carlos”, lamentou.
No Nossa Senhora do Carmo, o vereador se deparou com o abandono do principal cemitério de São Carlos. “Cobramos da Secretaria de Serviços Públicos providências e limpeza”, explicou.
Bira esteve na Unidade de Pronto Atendimento da Vila Prado (UPA) para acompanhar a demora no acolhimento aos pacientes doentes. “Percebi que a nossa saúde básica, os nossos postinhos de saúde, precisam de melhor estrutura. Só assim para as UPAs receberem um fôlego. Se a saúde básica não está bem, o atendimento das UPAs fica sobrecarregado”, acredita.
Lei
Bira encerrou o seu ciclo de vereador com a aprovação de um projeto de lei, que dispõe sobre a criação da Política Municipal para a Coleta Seletiva de Lixo Doméstico em São Carlos, sem prejuízo da continuidade do serviço de limpeza pública.
A proposta visa fomentar atividades de educação ambiental, prevendo adaptações de equipamentos e serviços públicos e a geração de emprego mediante iniciativas como alienação dos materiais recicláveis e reaproveitáveis recolhidos.
O projeto também estabelece a divulgação de informações – por meio de palestras, folhetos e cartazes – sobre benefícios da coleta seletiva e reciclagem do material orgânico e a instalação de receptores de resíduos sólidos urbanos recicláveis em escolas e locais de grande circulação de pessoas. Também deverão ser implantados Postos de Entrega Voluntária – PEV. O recolhimento dos resíduos deverá ocorrer em dias que não conflitem com os da coleta regular de lixo.
Na justificativa da matéria, o vereador argumenta que o projeto visa incutir a consciência do direito de todos a um meio ambiente ecologicamente equilibrado, que deve ser defendido e preservado pelo poder público e pela coletividade, conforme dispõe o artigo 225 da Constituição Federal.

2 recommended
comments icon 0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *