Bloco acredita que indefinição prejudica oposição

17 de abril de 2012


Na última sexta-feira, o grupo político formado pelo PPS, PP e parte do PSD, denominado “Bloco Democrático”, esteve reunido na sede do CPP, discutindo as eleições deste ano, bem como um projeto viável de desenvolvimento para São Carlos.

De acordo com o presidente do PPS local, Azuaite Martins de França, a oposição, ou parte dela, está se unindo neste bloco para que as decisões e discussões sejam tomadas em bloco e não individualmente por partidos. Participaram também das discussões os vereadores Júlio César, presidente do Democratas (DEM) de São Carlos e o vereador tucano José Luis Rabello.

Além de filiados, segundo França, diversas pessoas da comunidade estiveram presentes com o desejo de discutir um projeto de desenvolvimento em todas as áreas para a cidade de São Carlos. “Um grande número de pessoas não filiadas participou do evento, mostrando como é significativa a necessidade de discussão política”.

Para França, existe uma necessidade de que a oposição defina o mais rápido possível um nome para a disputa da prefeitura. “O que o bloco e as pessoas que participaram entenderam é que a demora para se definir um nome da oposição acaba prejudicando a própria oposição. Há uma irritação de todos com esta indefinição”, disse França.

Outro ponto abordado pelo presidente do PPS é que há um contexto anunciado entre a união de Paulo Altomani com Airton Garcia para as eleições, porém ninguém sabe se isto de fato se concretizará, ou ainda, qual dos dois seria o candidato a prefeito.

Sobre a possível candidatura de Lobbe Neto (PSDB), hoje presidente do Cepam, ela é vista com bons olhos por muitas pessoas, porém o ex-deputado ainda não definiu uma posição. O que deveria ocorrer o mais rápido possível, até mesmo para que a oposição pudesse de forma mais concreta desenvolver projetos para a cidade.

“O que achei interessante e salutar é que em nenhum momento foram feitas críticas ao PT, mas levantamos os problemas mais urgentes para São Carlos. A discussão deve ocorrer em cima de projetos e de problemas que precisam de solução”, explica França, que ainda afirmou que o bloco quer discutir projetos para a cidade e não projetos de poder.

Ficou agendada uma nova reunião para o dia 4 de maio, quando o Bloco Democrático trará personalidades para discutir questões locais mais profundamente.

comments icon 6 comentários
bookmark icon

6 thoughts on “Bloco acredita que indefinição prejudica oposição

    Write a comment...

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Oldest
    Newest
    Most Upvoted