18 de Janeiro de 2022

Dólar

Euro

Política

Jornal Primeira Página > Notícias > Política > Cartório Eleitoral faz plantão para atender eleitores

Cartório Eleitoral faz plantão para atender eleitores

27/04/2012 16h51 - Atualizado há 10 anos Publicado por: Redação
Cartório Eleitoral faz plantão para atender eleitores

Os Cartórios eleitorais de São Carlos entram na reta final para a emissão de novos títulos ou transferência de domicílio eleitoral com um mutirão para receber os eleitores que querem se alistar ou pretendem mudar de local de votação ou retirar uma segunda via do documento.

O esquema de plantão dos cartórios começa no dia 1º de maio (terça-feira) que é feriado nacional e segue no sábado (dia 5) e no domingo (dia 6) que vão funcionar das 9 horas às 18 horas para atender os eleitores que têm até dia 9 de maio para requisitar algumas das mudanças citadas acima. Após essa data qualquer mudança fica vetada.

Os trabalhos serão intensificados para garantir o atendimento aos eleitores que desejam fazer qualquer movimentação ou alteração no título, como também atender aos novos eleitores, que vão votar pela primeira vez em outubro deste ano.

Mais uma vez o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo alerta aos eleitores para que não deixem para a última hora, para evitar as grandes filas que sempre se formam nesse período de fechamento de cadastro.

De acordo com a chefe do cartório da 121ª Zona Eleitoral de São Carlos, Letícia Brumato, o número total de eleitores cadastrados em 2012, observando-se um crescimento de 9,24% quando comparado com o cadastro de 2008, passando de 151.756 para 165.784 no período de quatro anos. Comparada com Araraquara e Rio Claro, foi a cidade que mais cresceu no número de eleitores, as outras responderam por 8,50% e 5,57% respectivamente.

Alistamento

Para os que vão fazer o alistamento, ou melhor, tirar o primeiro título de eleitor, basta procurar o cartório eleitoral mais próximo de sua residência, portando documento oficial com foto e comprovante de residência. Pode se alistar o cidadão que tiver 16 anos completos até o dia da eleição, mas para os maiores de 18 anos o alistamento é obrigatório.

Transferência

O eleitor que mudou de município, estado ou país e vai requerer a transferência de domicílio, deve comparecer com o comprovante de quitação com a Justiça Eleitoral, documento oficial de identidade – com foto – e comprovante de residência (conta de água, luz, telefone, etc) que ateste o mínimo de três meses no novo domicílio. Esse eleitor também tem que ter o intervalo de no mínimo um ano entre a última movimentação ou transferência.

Revisão e 2ª via

Aquele eleitor que desejar apenas alterar seus dados pessoais, ou local de votação, sem mudança de município, deve pedir uma revisão. Esse também deve apresentar o título de eleitor, se possuir, comprovante de residência, documento oficial de identificação, com foto, certidão de casamento, se for o caso de mudança de nome. Os que vão requerer a segunda via, devem procurar, preferencialmente, o cartório da Zona Eleitoral onde estão inscritos com documento de identidade com foto e devem estar quites com a Justiça Eleitoral.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais antigas
Mais novos Mais Votados
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
geovani herinque vieira barboza
geovani herinque vieira barboza
9 anos atrás

eu não tirei ainda o titulo leitor queria saber se posso tirar ainda …. porque queria dá meu voto primeira vez…..geovani herinque vieira barboza….

0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x