Coca instala semáforo e atrapalha acesso de cadeirantes

7 de julho de 2019


Os problemas não param por aí, na Boa Vista rotatória e semáforos na Avenida Grécia prejudicam pedestres e motoristas

Parece que o secretário de Trânsito e Transporte de São Carlos, o professor doutor Antônio Clóvis Pinto Ferraz, desaprendeu tudo que ensina na Universidade de São Paulo. As trapalhadas de Coca se tornaram memes nas redes sociais e irritam os motoristas, pedestres e também os portadores de deficiência e precisam utilizar as rampas de acesso para se locomoverem.
A proeza de Coca Ferraz é tanta que agora ele conseguiu atrapalhar a vida dos cadeirantes. Na Avenida São Carlos com a rua Padre Teixeira, a famosa esquina da Escola Estadual dr. Álvaro Guião, o secretário Coca mandou instalar um aparelho semafórico que fica justamente próximo, muito próximo da rampa de acesso que permite a mobilidade dos cadeirantes. A instalação simplesmente inutilizou a rampa. E vale lembrar que foi o Ministério Público que obrigou a construção destes acessos para os deficientes, ainda na gestão Paulo Altomani.
No cruzamento da Avenida São Carlos com a rua São Sebastião, os cadeirantes não conseguem mais utilizar o acesso exclusivo. Agora para cruzar a avenida, os portadores de deficiência que utilizam cadeiras de roda são obrigados a fazer um verdadeiro malabarismo. Um desrespeito total.
Mas não é a primeira vez que Coca Ferraz, o secretário que se gaba em ser “um doutor em trânsito”, prejudica os cadeirantes. Com a mania de usar a tinta azul, ele mandou pintar todas as rampas com a sua cor preferida. O problema: as rampas de acesso se tornaram escorregadias e quando chove, um verdadeiro “sabão”. Um perigo constante para os cadeirantes. Se não bastassem os problemas de locomoção causados pelas calçadas irregulares e a falta de respeito à legislação sobre acessibilidade, Coca Ferraz, criou mais um.
SEMÁFORO NA AVENIDA GRÉCIA
E os problemas não param. Na avenida Grécia e na Henrique Gregóri, o secretário Coca Ferraz entregou uma obra inacabada, ligou os semáforos e criou um monte de problemas.


Na avenida, Grécia Coca entrega obra inacabada e prejudica moradores e motoristas


O trânsito que fluía normalmente agora é um caos. As rotatórias ficaram perigosas e os moradores que faziam suas caminhadas no Parque Linear das Torres agora são obrigados a caminhar no meio dos carros e rezar para não ser atropelado.
O morador Luiz Botelho, de 75 anos, que faz caminhada todos os dias pelo local reclama e muito. “Uma palhaçada o que fizeram aqui. Não terminaram a reforma, ligaram os semáforos virou um caos. Não conseguimos mais caminhar com tranquilidade. Fico muito mais perigoso. Eu já sou idoso e caminho aqui e tudo piorou”, contou.
A motorista Carolina Lima, de 43 anos, está indignada com a obra. “Ridículo. É essa palavra que sou obrigada a usar. O congestionamento aumentou e não melhorou em nada. E ficou tudo muito perigoso. Quem fez isso não sabe nada de trânsito”, desabafou Carolina.

comments icon 0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *