Política

Corso da Tusca tem novo trajeto em 2011

• Bookmarks: 3


Reunião para organizar Tusca

O torneio esportivo Tusca (Taça Universitária de São Carlos), realizado pelas Atléticas da USP e da UFSCar, apresentou ontem o novo local dos eventos culturais e do trajeto do Corso que passa a ser um local afastado do Centro e de bairros residenciais.

A concentração, que ocorria na USP, mudou para frente do ginásio Milton Olaio Filho, em um terreno da prefeitura, próximo da avenida Getúlio Vargas, onde os estudantes se reunirão a partir das 14h. O Corso tem saída prevista para as 19h e a expectativa de duração, segundo os organizadores, é de três horas e meia. A parada estudantil seguirá em direção ao Distrito Industrial Miguel Abdelnur, região destinada a empresas e fábricas.

A festa que finaliza o primeiro dia do evento vai ocorrer em um terreno particular, locado pelas Atléticas no Distrito Industrial. O evento vai ser realizado de15 a 18 de setembro.

As mudanças foram provocadas pela morte ocorrida, em novembro do ano passado, do jovem Ricardo Mitsuo Iwahashi, de 24 anos, estudante da Politécnica da USP em São Paulo. Ele foi encontrado morto na manhã de 12 de novembro, embaixo de uma ponte, por volta das 11h, na avenida Trabalhador São-carlense. O corpo, segundo o delegado do 5º Distrito Policial, Aldo Donisete del Santo, apresentava escoriações nas costas e sangramento no ouvido. O estudante de Engenharia da Escola Politécnica da USP, em São Paulo, caiu de uma altura de aproximadamente 5 metros.

“A organização da Tusca se reuniu com a prefeitura para discutir a realização do evento há uns três meses e chegamos ao consenso que contou com a compreensão do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo)”, revelou o secretário de Planejamento e Gestão, Rosoé Donato. 

Para ele, a área em que ocorrerá a festa reduzirá o impacto do som e do entrave do trânsito na cidade. “A Secretaria de Transporte e Trânsito, com o apoio da Polícia Militar, já realizou estudos para minimizar os impactos sobre o trânsito e neste ano o deslocamento dos estudantes será mais ágil. O importante é destacar os efeitos positivos da Tusca para a cidade”, afirma Rosoé.

O presidente da Atlética da USP, Renato Paciência, afirma que a Taça Universitária de São Carlos movimenta a economia de São Carlos. “O comércio, os hotéis, os restaurantes se beneficiam com a realização da Taça Universitária. Estimamos que o torneio injete entre R$ 3 milhões e R$ 5 milhões na economia da cidade”, explica. A Tusca faz parte do calendário oficial de eventos de São Carlos. A lei foi sancionada pelo prefeito Oswaldo Barba em 2010.

Ele comentou ainda que a Tusca tem como propósito reunir alunos de instituições de ensino superior para a disputa de jogos nas mais diversas modalidades. A 32ª edição do evento terá a participação das universidades USP São Carlos e USP – campus leste – São Paulo, UFSCar, Unicamp, Universidades Federais de Itajubá e Uberlândia. “A Tusca não é somente festa, mas também uma competição esportiva que atrai mais de 20 mil estudantes a São Carlos”, afirma.

Na edição anterior, os organizadores afirmaram ter reunido perto de 30 mil pessoas no Corso que percorria aproximadamente 3,8 quilômetros.

Segundo a comissão organizadora, paralelamente aos shows e eventos artísticos são realizados os jogos universitários que reúnem este ano seis universidades e aproximadamente 1.500 atletas em 22 modalidades, que vão de jogos em quadras como futsal, vôlei e basquete, a esportes mais alternativos como rúgbi e xadrez, a lutas como karatê e judô. “Este ano a intenção é valorizar as atividades esportivas”, afirma Renato Paciência.

O comandante da 1ª Companhia do 38º Batalhão da Polícia Militar, Paulo César Belonci, afirma que haverá reforço no número de policiais que trabalhará durante o Corso. “Inclusive vamos disponibilizar o helicóptero Águia para monitorar o deslocamento dos estudantes”, observa.

O vereador Equimarcílias Freire (PPL), opositor no Legislativo à realização da Tusca, participou da reunião e ficou satisfeito com a proposta apresentada pela organização da festa. “Creio que o impacto negativo da Tusca registrado nos anos anteriores será reduzido consideravelmente”, considera. {jcomments on} 

3 recommended
comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *