Gustavo Pozzi se manifesta contrário à inclusão de professores na reforma da previdência

14 de março de 2019


O vereador Gustavo Pozzi (PR) teve aprovadas na sessão ordinária da Câmara Municipal desta última terça-feira, 12, duas moções de sua autoria tratando da Reforma da Previdência. Na primeira, destinada ao Presidente da República, Jair Bolsonaro, manifestou repúdio pela inclusão dos professores na Reforma da Previdência. A segunda, de apelo, será entregue aos deputados federais e senadores pedindo a não aprovação da Reforma para professores.
O edil lembrou que a maioria dos que exercem a função de professor são mulheres e elas terão que trabalhar 10 anos a mais.
Sobre o rombo da previdência, Gustavo lembrou ainda que a aposentadoria dos professores da rede estadual não contribui para o déficit, pois eles têm um regime de aposentadoria próprio. Apontou que a profissão é uma das mais estressantes, devido às atuais condições dentro de sala de aula.
Disse também ser um absurdo a intenção do governador do Estado de São Paulo, João Dória, de aumentar a alíquota de contribuição dos professores da rede estadual de 11 para 14%. “O professor vai trabalhar mais e contribuir mais. É um absurdo. A dobradinha Bolsodória quer acabar com a educação no Brasil”, disse o vereador.

23 recommended
comments icon 0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *