Política

Massafera promete processar Freire


O deputado estadual Roberto Massafera (PSDB) afirmou ontem que vai mover uma ação de indenização por danos morais contra o vereador Equimarcílias de Souza Freire (PMDB). O parlamentar são-carlense, há algumas sessões legislativas, chamou Massafera de “bandido” ao fazer uma série de críticas e denúncias contra o PSDB de forma geral.

O deputado tucano anunciou que o assunto está com seus advogados e adianta que, caso receba a indenização de Freire por determinação do Poder Judiciário, fará a doação do montante de dinheiro à Santa Casa de Misericórdia de São Carlos. “Já pedi o DVD com a fala do vereador. Ás vezes a pessoa fala certas coisas em pensar”.

Massafera ressalta é engenheiro civil formado há 40 anos na USP de São Carlos e que é casado com uma são-carlense, o que lhe proporciona ligações muito grandes com a cidade. Para o deputado, quando Freire lhe ataca, ataca a toda uma família e explica que não há como se omitir diante de acusações de tal gravidade “Nunca eu e meus irmãos sofremos qualquer condenação. Então, falar que somos bandidos porque às vezes podemos ter alguma falha formal. Ele passou do limite e vou processá-lo”.

Para o deputado, que também já foi prefeito de Araraquara, em certos casos o político quer encontrar um holofote utilizando-se de ataques a adversários, mesmo que infundados. “A pessoa no afã de aparecer, naquela necessidade de falar qualquer coisa, fala besteira. Então, não pensa e fala e depois se arrepende. E não é a primeira vez em que ele (Freire) se arrepende. Ele vai consertar às vezes e vai dizer que o que falou não era bem o que queria dizer. Se ele for à tribuna e fizer uma retificação do que ele disse e afirmar que se enganou, automaticamente o processo perderá o seu efeito. Se ele confirmar o que disse, será condenado e terá que pagar a indenização”.

O tucano diz ainda que estranha a atitude do vereador do PMDB de atacar os tucanos, uma vez que foi o autor do decreto-legislativo que deu o título de cidadão honorário ao governador paulista Geraldo Alckmin. “Eu recebi o título de cidadão são-carlense e ele também autorizou. E fez a mesma coisa com o governador Geraldo Alckmin. Fala sem pensar e depois se arrepende”, conclui Massafera.

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *