23 de Janeiro de 2022

Dólar

Euro

Política

Jornal Primeira Página > Notícias > Política > Número de refeições distribuídas cresce 60% na pandemia, diz secretária na Alesp

Número de refeições distribuídas cresce 60% na pandemia, diz secretária na Alesp

Célia Parnes também falou sobre a ampliação de programas de proteção social ao longo do período

05/12/2021 15h40 - Atualizado há 2 meses Publicado por: Redação
Número de refeições distribuídas cresce 60% na pandemia, diz secretária na Alesp Foto: Divulgação

A Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana, da Cidadania, da Participação e das Questões Sociais da Assembleia Legislativa de São Paulo recebeu, nesta última semana, em ambiente virtual, a secretária de Estado de Desenvolvimento Social, Célia Parnes, para prestação de contas da pasta. A oitiva está prevista na Constituição estadual.

Uma das questões mais abordadas foi a expansão de programas de segurança alimentar e proteção social. Parnes disse que o número de refeições fornecidas pelo Bom Prato cresceu 60% na pandemia da Covid-19. Além disso, o programa foi responsável pela distribuição de 1,3 milhão de refeições gratuitas para moradores em situação de rua neste período.

A secretária falou também sobre dez novas unidades do Bom Prato que serão inauguradas em 2022, sendo duas na Capital (M´boi Mirim e Parelheiros) e o restante nos municípios de Cotia, Francisco Morato, Diadema, Mauá, Praia Grande, Sumaré, Jacareí, e São Bernardo do Campo, que receberá o segundo seu restaurante.

Ainda voltada à segurança alimentar, Célia Parnes salientou a importância de outros programas como o Vivaleite, que, em 2021, foi responsável pela distribuição de 49 milhões de litros de leite a 300 mil beneficiários, e o Vale Gás, que atingiu 2 milhões de pessoas no Estado.

Na área de proteção social, a secretaria desenvolveu o programa SP Acolhe, voltado à transferência de renda a famílias de baixa renda que perderam, ao menos, um membro do núcleo familiar para a Covid-19. Até o momento, foram distribuídos cerca de 15 mil benefícios, totalizando mais de R﹩ 28 milhões investidos. A ação faz parte do programa Bolsa do Povo, aperfeiçoado e aprovado na Alesp.

Ao longo da apresentação, o São Paulo Amigo do Idoso também ganhou destaque. A inciativa é voltada à garantia dos direitos dos idosos e à promoção do envelhecimento ativo, e foi responsável, só no ano de 2021, pela implantação de dois Centros Dia para Idosos e nove Centros de Convivência Para Idosos, além de um Vida Longa, equipamento comunitário de moradia assistida para idosos.

Os parlamentares da comissão aprovaram e elogiaram os trabalhos realizados pela Secretaria de Desenvolvimento Social. A deputada Patrícia Bezerra (PSDB) destacou a relevância da pasta para o Estado. “Receba a minha gratidão e meus parabéns por atuar nessa pasta que exige tanto e tanta complexidade, por vivermos em um Estado tão desigual”, disse.

Já o deputado Altair Moraes (Republicanos) parabenizou a secretária por sua gestão na pasta. “A Secretaria de Desenvolvimento Social tem que ser comandada com muito amor. Parabéns pelo trabalho, mas, principalmente, pelo amor dedicado”, concluiu.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x