3 de Dezembro de 2021

Dólar

Euro

Política

Jornal Primeira Página > Notícias > Política > PPL se prepara para a primeira disputa

PPL se prepara para a primeira disputa

10/12/2011 11h09 - Atualizado há 10 anos Publicado por: Redação
PPL se prepara para a primeira disputa

O Partido Pátria Livre (PPL) realizou uma reunião na noite da última quinta-feira, no restaurante Rancho da Picanha para comemorar a oficialização do partido e traçar metas para as eleições municipais do próximo ano. Um dos objetivos é ocupar bem o horário eleitoral gratuito de televisão para mostrar as ideais do novo partido. A direção estadual do PPL chama a divulgação televisiva de sua plataforma de “palanque eletrônico”.

O objetivo, de acordo com o presidente da comissão provisória municipal, Leandro Severo, é apoiar a reeleição do prefeito Oswaldo Barba (PT) e eleger alguns vereadores. A lista de pré-candidatos a uma cadeira na Câmara Municipal inclui o vice-prefeito Emerson Leal e o professor-doutor da USP, José Benedito Sacomano.

O encontro da última quinta foi marcado pela presença do presidente estadual do partido, Miguel Manso. Ele ressalta que o partido nasceu em 21 de abril de 2009. “Estamos organizados em 200 cidades paulistas. Cuidamos do ingresso dos pré-candidatos para participar do pleito municipal. Recebemos também alguns deputados estaduais e iniciamos o debate para o próximo ano. Estamos constituídos nos 27 estados da federação”.

Segundo ele, neste final de ano, o PPL fará um mutirão por municípios paulistas para fortalecer a sigla. “Comecei a minha militância política em São Carlos, fiz Engenharia na USP e fui presidente do CAASO. Estar em São Carlos para mim é uma satisfação muito grande uma oportunidade para rever amigos. Na cidade, o professor Emerson Leal deverá ser o grande puxador de votos da chapa”.

A luta pela implementação de um projeto onde o Estado seja um indutor do desenvolvimento. Outro objetivo é o combate às altas taxas de juros. Segundo Manso, o próprio Thomas Jéferson, que escreveu a primeira Constituição dos Estados Unidos, já alertava que um país não pode ser dominado pelos banqueiros.

 

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais antigas
Mais novos Mais Votados
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
lenir
9 anos atrás

ninguém quer deixar a teta . sabe que isso se perder não arruma mais nada. anõa ser viver nas custas de governos. espero que isso acabe logo .pois estamos cheios de ver mentiras sendo contadas em midias. queremos mudanças independente de quem que quer que seja, o importante é não deixar que criam raiz. esperamos que no ano que vêm o povo não se iluda com tantas pro messas, e que Vêm muitas por ai…………………………. abraço

0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x