21 de Outubro de 2020

Eleições 2020

Jornal Primeira Página > Notícias > Eleições 2020 > Prefeituráveis de Descalvado nasceram no mesmo grupo político

Prefeituráveis de Descalvado nasceram no mesmo grupo político

Parceiros em 2016, Becão, Luisinho e Vick agora são adversários na disputa pelo cargo de prefeito

5 dias atrás Publicado por: Redação
Fotos: Marco Rogério

A corrida eleitoral para a prefeitura de Descalvado traz um fato inédito na história política do município. Com outros potenciais candidatos fora do páreo por problemas na Justiça ou falta de apoio político, pela primeira vez, os três concorrentes a prefeito da cidade surgiram do mesmo grupo político, o grupo panonista, ligado ao ex-prefeito Luís Antônio Panone, que governou Descalvado entre 2009 e 2012.

Em 2008, Panone foi eleito prefeito de Descalvado tendo como seu vice Becão Rischine (PL). A dupla obteve 7.916 votos ou 41,49% do total. Em 2012, Panone tentou a reeleição e Becão era novamente seu candidato a vice-prefeito. Com a impugnação da candidatura do tucano José Carlos Calza, Panone e Becão chegaram a ser declarados vencedores do pleito.  Porém, o registro de ambos foi indeferido pela Justiça Eleitoral no famoso Caso da Cesta Básica.

Assim, depois da polêmica, assumiu o cargo de prefeito o presidente da Câmara Municipal de Descalvado, Anderson Sposito. Era o início do período mais tumultuado da política de Descalvado. A cidade teve três prefeitos neste período. A eleição suplementar de dezembro de 2013 elegeu Henrique Nascimento, o Henrique da Caixa como prefeito. Depois de sua morte, em dezembro de 2016, assumiu o seu vice, Paulo Guerra, que terminou o mandato.

Nas eleições de 2016, Panone articulou e apoiou a dobradinha Becão Reschini e Luis Carlos Rosa Viana. Ambos venceram as eleições com o dobro da votação do segundo colocado, Guto Cavalcante.  Becão obteve 8.238 votos (49,81% dos votos válidos) contra apenas 4.390 votos (26,54 dos votos válidos) de Guto Cavalcante.  O filho do ex-prefeito Luis Antonio Panone, Luís Guilherme Panone, então no PSD, foi eleito como o vereador mais votado com 939 votos. Depois disso tornou-se presidente da Câmara Municipal de Descalvado no biênio 2017-2018. Por desentendimentos políticos ao longo do mandato e também projetos pessoais, Luisinho rachou com Becão e agora é seu adversário.

O terceiro candidato a prefeito, Luiz Carlos Vick Franscisco (PTB) é cria do grupo do ex-prefeito Luís Antonio Panone. Ele foi eleito pela primeira vez pelo PPS em 2012, partido de Panone, com 677 votos. Em 2016 foi reeleito com 910 votos, sendo o terceiro mais votado, outra vez pelo PPS. Por motivos pessoais rachou com o grupo e agora é mais um concorrente na corrida eleitoral de 15 de novembro.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x