6 de Dezembro de 2021

Dólar

Euro

Política

Jornal Primeira Página > Notícias > Política > Raquel Auxiliadora entra no 10º mês de seu mandato democrático, popular e participativo

Raquel Auxiliadora entra no 10º mês de seu mandato democrático, popular e participativo

Nestes 10 meses de seu primeiro mandato, Raquel teve diversos projetos de leis aprovados

03/10/2021 12h12 - Atualizado há 2 meses Publicado por: Redação
Raquel Auxiliadora entra no 10º mês de seu mandato democrático, popular e participativo Foto: Divulgação / Câmara Municipal de São Carlos (SP)

A caminho de completar 10 meses de seu primeiro mandato, a vereadora Raquel Auxiliadora do Partido dos Trabalhadores (PT), vem realizando um importante trabalho na Câmara Municipal de São Carlos. Mestre em Educação e pedagoga formada pela UFSCar, Raquel é professora e atuava até esta semana da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e no Centro de Atenção Psicossocial II (CAPS). Esta semana por conta do trabalho que vem desenvolvendo na Câmara Municipal, Raquel pediu seu afastamento da função de professora da Rede Municipal de Educação, para se dedicar exclusivamente ao Poder Legislativo.

Raquel foi gestora de Política para as Mulheres na cidade entre 2007 e 2012, quando implantou o Centro de Referência da Mulher. Tem atuado no campo político desde o movimento estudantil e fundou e participa ativamente do Coletivo Promotoras Legais Populares e da diretoria do SINDSPAM.

Na Câmara Raquel é a 2º secretária da Mesa Diretora, presidenta da Comissão de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Relações do Trabalho, Segurança Pública e Defesa Social.

Nestes 10 meses de seu primeiro mandato, Raquel teve diversos projetos de leis aprovados como a criação das Frentes Parlamentares em Defesa dos Direitos das Mulheres, em Defesa dos Servidores, criação da Frente Parlamentar em Defesa da Economia Solidária entre outros. Ela também participa da elaboração dos projetos da Dignidade Menstrual e sobre o Hino à Negritude.

Neste período protocolou 59 requerimentos elaborados em parceria com as pessoas que solicitam, que apontam algum problema, ou que tem dúvidas e protocolou 12 indicações e teve 14 moções aprovadas, além de ter participação ativa em diversas audiências públicas.

Raquel inovou na destinação das emendas parlamentares. Não é ela quem decide sozinha para onde vai os recursos, a decisão é tomada em conjunto pelo Conselho Político do mandato, criado pela vereadora. “Este é um conselho constituído por cerca de 30 pessoas, que orienta as ações e pautas prioritárias, debate desde a indicação de emendas, projetos, requerimentos até a agenda de meu trabalho. Este conselho é aberto e qualquer interessado pode participar”, destaca Raquel. Neste ano a parlamentar recebeu 40 solicitações e após plenária e debate com o Conselho de Mandato, 22 projetos serão atendidos.

Além deste trabalho, Raquel vem fazendo o mapeamento de todos os serviços de atendimento à mulher em situação de violência na cidade, cumprindo agenda em bairros, atendendo demandas que chegam no seu gabinete, além de realizar visitas nas escolas da rede municipal para fiscalizar retorno das aulas presenciais.

Raquel tem participação ativa em diversos conselhos municipais como o de Direitos das Mulheres e Diversidade Sexual.

”Nosso mandato é pautado pelos seguintes princípios: Ele é democrático, porque trabalha para garantir a participação da população no debate e na proposição de ações, ele é popular porque acolhe as demandas e propostas de todas e todos e é participativo, porque as pessoas podem participar das decisões do mandato. O nosso Conselho Popular do Mandato é uma realidade onde todos os requerimentos e projetos são elaborados coletivamente. Enfim estamos seguindo com a nossa proposta de dar voz e força ao povo dentro da nossa Casa de Leis”, concluiu Raquel.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x