1 de Março de 2021

Dólar

Euro

Política

Jornal Primeira Página > Notícias > Política > Robertinho ressalta importância das “Sete Maravilhas”

Robertinho ressalta importância das “Sete Maravilhas”

26/06/2012 09h07 - Atualizado há 9 anos Publicado por: Redação
Robertinho ressalta importância das “Sete Maravilhas”

A relevância da eleição das Sete Maravilhas de São Carlos, escolhidas através de uma eleição em votação pública promovida pelo governo municipal, foi enaltecida ontem pelo vereador Robertinho Mori Roda (PV), autor da lei que criou o concurso. Em entrevista, o vereador afirmou que o turismo é um setor que movimenta vários outros e que a valorização do patrimônio histórico e arquitetônico de um município deve ser destacada como forma de chamar a atenção da população local e também de outras regiões.

Ele explica que sua ideia foi de valorizar alguns pontos turísticos e a beleza que existe na cidade, seja na arquitetura da Era do Café, seja em inovações tecnológicas do Século XX, como o bonde elétrico, seja em belezas naturais, como a Araucária.

“No início mais de 1.230 opções foram colocados em votação. Deste total, chegou-se a 150. Uma comissão de 11 especialistas chegou a 15. O povo são-carlense votou e chegou às Sete Maravilhas. É um acervo que poucas cidades têm e que pode incentivar o turismo. Temos muitas coisas bonitas. Além de estimular o turismo é algo que deve ser compreendido e cultuado pelos próprios são-carlenses”, afirmou ele.

Para o parlamentar verde, o volume de participação dos são-carlenses, que chegou a 10% da população da cidade. “Tivemos um total de 124.242 votos registrados. É óbvio que muita gente votou mais de uma vez. Foram 22.446 pessoas participantes da eleição”. Robertinho comenta que a Prefeitura Municipal precisa iniciar um trabalho com as crianças, com visita de estudantes do ensino fundamental das redes municipal, estadual e particular para se ambientar com o importante acervo.

O concurso recebeu mais de 124 mil votos de 22.466 pessoas, o que contabiliza cerca de 10% da população, e elegeu as seguintes maravilhas: Fazenda Pinhal (com 15.784 votos), Araucária (11.243 votos) E. E. Dr. Álvaro Guião (11.016 votos), Conjunto Arquitetônico da Catedral (10.691 votos), Parque Ecológico (com 9.978), Bonde da Vila Nery (9.594) e o Conjunto Praça Coronel Salles (8.522 votos).O concurso teve como objetivo preservar o aspecto cultural da história da nossa cidade, despertando o espírito de cidadania na população para as riquezas arquitetônicas e naturais de São Carlos. Para isso, o concurso terá a validade de 10 anos.

Estiveram presentes no anúncio realizado no dia 21 de junho o prefeito Oswaldo Barba, o vice-prefeito, Emerson Leal, a diretora presidente da Fundação Pró-Memória, Ana Lúcia Cerávolo, e o vereador autor da lei, Robertinho Mori Roda.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x